Campo

Foto: Imagem ilustrativa

O Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) realiza, até sexta- feira, 13 de junho, em Gurupi, um curso sobre elaboração de projetos do Pronaf – Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar. 

De acordo com a gerente de Crédito Rural, Ana Luiza Rodrigues Lobo, o treinamento visa capacitar os extensionistas aprovados no último concurso público do quadro geral e que recentemente assumiram suas funções. 

Ainda segundo a gerente, 18 extensionistas, das regionais de Gurupi e Taguatinga, estão participando da capacitação. “Mais de 50 técnicos de todas as regionais já passaram pelo treinamento. O intuito é que eles possam prestar um atendimento de qualidade ao produtor rural”, acrescentou.

O curso faz parte de um convênio firmado entre o Governo do Estado, por meio do Ruraltins, e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Os temas abordados são: Normas de Crédito Rural, Plano Safra, Normativas do Pronaf e emissão de DAP – Documento de aptidão ao Pronaf, que é uma espécie de identidade do agricultor.

Pronaf

Criado em 1995, o Pronaf, é um programa do Governo Federal e visa apoiar o desenvolvimento rural sustentável e garantir segurança alimentar, fortalecendo a agricultura familiar, por meio de financiamentos aos agricultores, bem como as suas associações e cooperativas.

Segundo informações do Ministério do Desenvolvimento Agrário, na safra 2014/2015 o crédito ofertado para a agricultura familiar é de R$ 24 bilhões. O maior volume da história.

Com linhas de financiamento adequadas à realidade de cada produtor, como o Pronaf Mulher, Pronaf Jovem, Pronaf Agroindústria, Pronaf Eco, Pronaf Floresta, Pronaf Agroecologia, dentre outras modalidades, o pequeno produtor poderá investir na aquisição de máquinas, equipamentos ou infraestrutura de produção e serviços agropecuários ou não agropecuários.

No Tocantins, o agricultor pode obter mais informações sobre financiamentos e elaboração de projetos do Pronaf, nos escritórios do Ruraltins, presentes em 92 municípios tocantinenses. (Ascom/Ruraltins)