Campo

Foto: Valério Zelaya

Com o tema “A Olericultura na Amazônia Legal: perspectivas e desafios" iniciou nesta segunda-feira, 28, o 53º Congresso Brasileiro de Olericultura (CBO) na Universidade Federal do Tocantins (UFT). O secretário de Desenvolvimento Rural (Sedes), Roberto Sahium, esteve presente na abertura oficial do evento representando o prefeito de Palmas, Carlos Amastha.

Sahium chamou a atenção para o consumo e importação de hortaliças, o uso da tecnologia no plantio e colheita e destacou a importância do Congresso. O gestor também falou do incentivo da Prefeitura aos produtores rurais na plantação de hortaliças. 

“Temos aqui o desafio de abordar as diversas possibilidades e fatores que sem dúvida podem contribuir no aumento da produção e consumo de hortaliças no Tocantins”, afirmou Sahium.

No próximo dia 30, das 8 às 18 horas, o gestor municipal irá ministrar um minicurso sobre orgânico e compostagem, no auditório lll, da Universidade, uma vez que o Município tem desenvolvido ações no sentido de aumentar e melhorar a qualidade de hortaliças produzidas através das hortas comunitárias com a doação de composto orgânico aos horticultores.  

Programação dinâmica

Na abertura do congresso, foram abordados os desafios, avanços e conquistas da olericultura no Tocantins e também como pode ser abordada em pesquisas de ensino de extensão. Segundo a professora e presidente do CBO, Valéria Momenté, 522 trabalhos foram inscritos e  ela acredita que a troca de conhecimento fortalecerá os congressistas. 

"Nos empenhamos em fazer uma programação dinâmica para atender a diversa realidade do Tocantins e com isso esperamos exposições de novas possibilidades para os produtores”, afirmou Valéria. 

O CBO segue até o dia 1º de agosto e conta com profissionais do setor de Olericultura de todo o Brasil que vão discutir os avanços de ordem tecnológica, comercialização e as demandas do setor dentro da programação do Congresso Brasileiro de Olericultura que abordará também os rumos da produção de hortaliças no Tocantins. (Secom Palmas)

Por: Redação

Tags: Roberto Sahium, UFT, Valéria Momenté