Empregos e Serviços

Empregados públicos da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins) estiveram nesta terça e quarta-feira, 12 e 13 de agosto, na Assembleia Legislativa para cobrar, dos deputados estaduais, a aprovação da Medida Provisória que cria o Plano de Empregos, Carreiras e Salários (PECS) do quatro técnico-administrativo da Instituição.

Antes de ser enviado ao Governo, o PECS da Unitins foi amplamente discutido entre os empregados da Unitins e aprovado em Assembleia Geral da categoria, realizada pelo Sisepe. Embora o Governo tenha enviado a MP para aprovação da Assembleia ainda antes do recesso parlamentar, até agora, ela não foi colocada em votação.

Os empregados da Unitins já conversaram com o líder do Governo, o deputado Carlão da Saneatins que prometeu empenho para aprovação da matéria. A grande dificuldade para votação da MP tem sido a falta de quorum para votação.

No Sisepe

Também na manhã desta quarta-feira, uma comissão de empregados da Unitins esteve com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (Sisepe), Cleiton Pinheiro para tratar da mobilização que será feita na próxima terça-feira, dia 19, para cobrar que os deputados compareçam à Assembleia Legislativa e que o projeto seja colocado na pauta de votação. “A matéria já está na Assembleia e o que falta é os deputados votarem. Para isso precisa de quorum, o que não tem acontecido nas últimas sessões porque muitos deputados estão em suas bases fazendo campanha política. Os empregados públicos da Unitins não podem ser prejudicados por causa disso e o Sisepe está apoiando todas as mobilizações a fim de que o Plano de Carreiras seja aprovado o quanto antes”, pontuou Cleiton Pinheiro. (Ascom Sisepe)

Por: Redação

Tags: Cleiton Pinheiro, Sisepe, Unitins