Economia

Foto: Divulgação

O dia das crianças vem se firmando no ranking das datas comemorativas que mais movimentam a economia no Tocantins, prova disso são os dados de um estudo que comparou a expectativa de consumo deste período entre os anos de 2013 e 2014. Em 2013, 84,9% disseram ter a intenção de presentear alguma criança, já em 2014, este número cresceu para 93,1%. O estudo foi realizado com base nas pesquisas realizadas em Palmas, pelo Instituto Fecomércio e pela Universidade Federal do Tocantins.

Um ponto importante deste estudo foram os itens escolhidos como preferência na hora de comprar presentes para crianças. Mesmo permanecendo em primeiro lugar, o item “brinquedos” registrou uma acentuada queda. Já os itens “calçados”, “eletrônicos” e “celular” obtiveram um aumento em sua porcentagem total.

Para o presidente do Sistema Fecomércio, Itelvino Pisoni, essa mudança no tipo de presentes já era prevista. “Atualmente as crianças gostam mais de aparelhos eletrônicos e de informática, como videogames, celulares e tablets. Elas estão substituindo as brincadeiras para passatempos em ambientes virtuais. O empresário desse setor deve prestar atenção nesse novo cenário e buscar atender este público”, ressaltou.

O valor gasto com compras para presentear o público infantil também subiu. Em 2013, a maioria das pessoas disse que média gasta seria de R$ 50,01 a 100,00, em contraponto, neste ano, a média apontada foi de R$ 100,01 a 150,00. A principal forma de pagamento registrada em ambos os anos foi o dinheiro em espécie, mantendo uma média de 55% do total de entrevistados.

A diretora executiva do Instituto Fecomércio, Alexandra Bramatti, explica que a alta nos valores gastos é natural. “Todos os anos, os produtos tendem a subir e com isso o gasto dos pais é maior com os presentes dessa data comemorativa. Além disso, como o próprio estudo apontou, a procura por produtos eletrônicos aumentou e o preço desses aparelhos são mais caros que brinquedos normais, por exemplo”, disse.

O comércio de rua perdeu lugar como o local preferido para a aquisição desses presentes. Em 2014, a maioria dos palmenses optou pelo shopping center. Entre os itens decisivos que os clientes avaliam na hora de escolher o local para gastar estão a promoção e o desconto no preço, que obtiveram aumento firmando-se assim no ranking desses principais atrativos. (Ascom Fecomércio)