Polí­cia

Na manhã desta última terça-feira, 14, policiais civis da Delegacia de Augustinópolis, no extremo norte do Estado, sob o comando do delegado Augusto de Souza, deram cumprimento a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Mauryn F. C., 23 nos de idade.

A representação pela Prisão Cautelar foi feita pelo Ministério Público Estadual, tendo em vista a garantia da ordem pública.

A decisão judicial fundamenta que, depois de ter cometido crime de homicídio na cidade de Carrasco Bonito, já há algum tempo, e estar respondendo em liberdade, a situação do indivíduo representa riscos à garantia da ordem pública, posto que, com seus atos, demonstra que não respeita as normas penais, infringindo-as.

O acusado possui extensa ficha criminal, tendo, inclusive, outros processos criminais em curso na Comarca, por fatos cometidos posteriormente ao homicídio citado.

Mauryn foi capturado quando se encontrava em seu estabelecimento comercial, localizado no centro de Augustinópolis e, após os procedimentos cabíveis, foi recolhido na carceragem da Cadeia Pública daquele município onde permanece a disposição do Poder Judiciário. (Ascom SSP)