Economia

Foto: Imagem ilustrativa/da web

Com a chegada do Natal a economia aquece e os lojistas se preparam para atender a demanda desse final de ano, ampliando o quadro de funcionários. Um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) nas capitais brasileiras revela que 53% dos empresários, dos setores do comércio e de serviços, já contrataram ou pretendem contratar trabalhadores temporários neste fim de ano.

A estimativa é de que até o final do ano haverá aproximadamente 209 mil contratações temporárias para preencher as vagas de emprego disponíveis. O estudo avalia também que, os interessados em entrar no mercado a partir dos empregos temporários devem ficar atentos as datas das contratações que começaram no mês de outubro (37%) e aumentam no mês de novembro (38%).

As funções mais procuradas pelas empresas são as de vendedor e balconista com 46%, caixa com 28%, garçom com 24%, estoquista e repositor com 15%, auxiliar de limpeza com 10% e ajudante de cozinha 6%.

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Palmas, Antonio Davi Gouveia, essas contratações são uma ótima oportunidade para aqueles que pretendem continuar empregados após as festas de fim de ano. “Durante os meses de contratos temporários os funcionários são avaliados pelos empresários, e, sem dúvida alguma, se eles se encaixarem no perfil da empresa a contratação final é certa", ressaltou o presidente. (Secom Palmas)