Estado

Morreu na tarde desta terça-feira, 4, por volta das 17h, na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional de Gurupi o ator, diretor e produtor Thomas Batista, de 32 anos. Ele deu entrada ao hospital no dia 1º de novembro com pneumonia, que ocasionou sua morte. 

A Federação de Teatro do Estado do Tocantins em nome de seu presidente, Nival Correia, manifestou seu pesar e sua solidariedade à família do ator.

Thomas Batista era ativista cultural da cidade de Gurupi, conhecido pela sua capacidade de captar recursos para a arte no Tocantins. Ele foi responsável pela criação do Festival Nacional de Teatro de Gurupi – ENCENART, e pela Cia de Teatro Sorria Meu Bem fundada em 2006.

O artista também participou de muitos eventos culturais importantes, entre eles: O I e II Aldeia Capim Dourado do Sesc-TO, (2006 e 2009) I Circuito Cultural Banco do Brasil (2007) e oficinas do 4º ao 9º TENPO- Festival de Teatro de Porangatu e ainda as edições do 3º ao 6º Salão do Livro do Tocantins, (2007 a 2009), entre outros.