Educação

Foto: Divulgação

A prefeitura de Palmas pagou nesta sexta-feira, 28, os professores contratados que estavam com salários atrasados. O pagamento ocorre após assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) visando à regularização do pagamento desses profissionais, que não recebem salários há mais de 150 dias. O TAC previa o pagamento nesta data.

São centenas de servidores nessa situação. O TAC foi assinado dia 14 entre o Promotor de Justiça Edson Azambuja e o Secretário Municipal de Educação, Danilo de Melo Sousa. A prefeitura se comprometeu ainda a realizar o contrato retroativo de todos os 573 professores e ainda pagar os outros direitos até dia 1º de dezembro.

O pagamento dos professores, incluindo os direitos trabalhistas, custará cerca de R$ 3,5 milhões para os cofres da prefeitura.  

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP) comemorou o pagamento através de sua rede social e chegou a pedir desculpas às famílias palmenses impactadas. “Resolvido o problema dos profissionais da educação. Amanhã o dinheiro amanhece em conta. Pedindo desde já desculpas para as famílias afetadas”, afirmou na noite desta quinta-feira, 27.