Polí­tica

Foto: Divulgação

O ex-prefeito de Palmas, Raul Filho (PT) afirmou ao Conexão Tocantins na tarde desta segunda-feira, 1º, que já começa a articular para disputar a prefeitura da capital em 2016. Ele foi prefeito por dois mandatos na capital e frisou que vai escolher o novo partido até fevereiro.

“Eu vou sair do PT mas ainda não tenho nenhum partido definido, nunca discuti ainda partido. Recebi convites mas só tenho uma certeza na verdade já saí do PT só não protocolei ainda a saída”, informou.

O ex-gestor Capital diz que em 2016 virá com toda vontade de vencer o pleito. “Estarei com toda vontade de disputar”, frisou. Além de Raul, o deputado estadual Sargento Aragão (Pros) já anunciou que também vai disputar o Paço municipal.

Raul avaliou a atual gestão do prefeito Carlos Amastha (PP). “Do ponto de vista estético tenho que admitir que ele está fazendo um bom trabalho na limpeza, na parte de parques e jardins mas nas ações sociais, Saúde, Educação e Habitação não tenho visto ainda trabalho neste sentido. Espero que ele possa fazer melhor”, frisou. O ex-gestor questionou ainda as viagens oficiais do prefeito para outros países.  “Nunca vi nenhum encontro, coletiva nem nada dele dizendo quais foram as conquistas que o setor da Educação ganhou do exterior. Espero que ele apresente um novo projeto”, opinou.

Na eleição estadual Raul foi um dos coordenadores da campanha do governador Sandoval Cardoso (SD) que perdeu o pleito. Para a nova gestão estadual ele disse que o Estado tem um poder muito grande de recuperar a receita. “ O que precisa é ter gestão, ter capacidade de priorizar os investimentos”, avaliou.

Raul não conseguiu sair candidato pelo PT no pleito de outubro e sua esposa, deputada estadual Solange Duailibe (SD) também não conseguiu se reeleger.