Estado

Foto: Divulgação

Os servidores do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (RURALTINS) paralisaram as atividades nesta segunda-feira, 08, em todo o Estado. Eles protestam contra a falta de condições nos ambientes de trabalho, progressões atrasadas e falta de manutenção da frota de veículos, que acaba colocando em risco a vida dos extensionistas rurais.

 De acordo com vice-diretor geral do Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO), Rorilândio Nunes, o órgão enfrenta problemas em todas as regionais. “Há problemas de manutenção da frota, falta de infraestrutura física nas delegacias regionais, falta de manutenção em ar condicionado e sedes regionais instaladas ao lado de revendedores de gás e até postos de combustíveis, sem as mínimas condições de segurança”.

 O Ruraltins é responsável por prestar serviço de extensão rural para os pequenos produtores do Estado, principalmente para a agricultura familiar. “Mesmo enfrentando estas dificuldades, os serviços estão sendo realizados dentro do possível porque os servidores do Ruraltins têm compromisso em atender principalmente os pequenos agricultores”.

 

Durante todo o dia de hoje não haverá atendimento ao público em nenhuma das unidades do Ruraltins no Estado. Os servidores pretendem sensibilizar o Governo para que alguma solução seja adotada. E pretendem também esclarecer a população a respeito da situação do órgão e das condições de trabalho a que estão submetidos no dia a dia.

Por: Redação

Tags: Rorilândio Nunes, Ruraltins