Polí­tica

Foto: Divulgação

A deputada Professora Dorinha (Democratas/TO), definiu a sua emenda de bancada para a área da Saúde, com a ampliação e construção do Hospital Geral de Araguaína.

O recurso para a unidade é na ordem de R$ 100 milhões e irá disponibilizar 400 leitos para a população. A parlamentar já havia apresentado emenda junto à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que norteia a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA) para esse fim.

O parecer do relator da LOA, senador Romero Jucá, também fixa em até 25 emendas e valor máximo de R$ 16, 3 milhões para ser apresentado individualmente pelos parlamentares, sendo que metade desse valor é exclusivamente para a Saúde.

Educação

Professora Dorinha também se comprometeu em trabalhar para liberar mais recursos para a Educação. Ela apresentou emenda na LDO para a construção de dez Escolas de Tempo Integral (ETI) em sete cidades do Tocantins. Além disso, há o empenho na liberação de recurso para da continuidade nas obras de expansão da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e a construção do Hospital Universitário.

Professora Dorinha está fazendo gestão junto ao relator setorial da área da Educação da LOA, senador Cyro Miranda (PSDB-GO), para atender essa demanda. Deverão ser duas ETI’s para Gurupi, três em Araguaína e Dianópolis, Araguatins, Guaraí, Paraíso do Tocantins e Porto Nacional com uma unidade cada município. Estima-se que os recursos priorizados para essas escolas serão na ordem de R$ 130 milhões.