Saúde

Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde de Pedro Afonso e as equipes de Saúde da Família do município irão desenvolver neste mês de janeiro, diversas ações visando a prevenção, detecção, diagnóstico e tratamento da hanseníase – doença infecciosa e contagiosa causada pelo bacilo Mycobacterium leprae, que causa manchas brancas ou avermelhadas na pele, além de outros sintomas.

De acordo com dados obtidos pela secretaria, um levantamento realizado entre 2001 e 2012 indicou Pedro Afonso como uma área endêmica – região em que a doença se manifesta com frequência. Conforme o Boletim Epidemiológico de Hanseníase, que se baseou nesses dados e foi elaborado pelo Estado do Tocantins, o município teve um total de 94 casos confirmados durante o período, motivando a iniciativa da secretaria.

A luta contra a hanseníase terá uma mobilização no dia 28 de janeiro – o dia D na luta contra a doença. A Secretaria de Saúde também realizará nas unidades básicas de saúde,  Diálogos Diários de Saúde (DDS) sobre a doença, nas salas de espera, além da avaliação dos pacientes em tratamento e com diagnósticos confirmados. E os agentes de saúde promoverão visitas à família orientando sobre o tema.