Estado

Foto: Divulgação

Mesmo com as dívidas e a situação administrativa e financeira delicada deixada pelo governo anterior a atual gestão não pretende ficar olhando pelo retrovisor. É o que afirma o Secretário Geral de Governo, Herbert Brito em entrevista ao Conexão Tocantins. “Não vamos ficar com lamúria ou remoendo coisas do passado e sim olhar para frente”, garantiu.

Buti, como é conhecido, afirmou que um relatório geral com a situação dos convênios e contratos vão passar por sistematização para contextualizar a situação detalhada de cada pasta. “Paralelo a isso além das ações emergenciais que já estamos implantando vamos aplicar as medidas de curto, médio e longo prazo. É isso que a população que votou e elegeu esse governo espera”, disse.

Paralelo ao relatório o governo faz as adequações a medida provisória que traz a nova estrutura de governo com redução drástica de cargos na estrutura. “O governo ainda no processo de transição constatou essa necessidade e nós estamos aplicando na prática”, disse.

O secretário contou ainda que o preenchimento dos cargos comissionados passa por critérios. “Estamos buscando as nomeações única e exclusivamente para o que for necessário,estritamente dentro das limitações”, frisou sobre a análise que o governo faz com relação a pessoal.

Como secretário Geral de Governo Buti tem a incumbência de fazer a interlocução com todas as outras pastas.

O atual governo já está resolvendo os principais problemas deixados pela gestão anterior e busca renegociar as dívidas com fornecedores.