Polí­tica

Foto: Divulgação

Os deputados da oposição se reuniram na noite desta segunda-feira, 26, e tentaram amarrar oficialmente ou até através de um acordo escrito o apoio ao nome do atual presidente Osíres Damaso (Democratas) para continuar à frente da Casa de Leis porém a proposta não evoluiu.

O grupo diz ter o apoio de 13 parlamentares enquanto por outro lado o governo também estaria costurando o apoio de quatorze parlamentares. Conforme o Conexão Tocantins apurou deputados que participam das reuniões dos ex-governistas já estariam fechados com o grupo do governo que por sinal deve definir ainda hoje o nome do candidato.

A base do governador Marcelo Miranda (PMDB) tem vários deputados candidatos e dois deles: Toinho Andrade (PSD) e José Bonifácio (PR) vão se reunir separadamente com o governador nesta terça-feira. O peemedebista Elenil da Penha também se reunirá com Marcelo no Palácio ainda hoje.

O governador vai ouvir os parlamentares sobre a possibilidade de consenso e recebeu inclusive o atual presidente Osíres Damaso que chegou a pedir apoio do peemedebista para a disputa conforme ele mesmo confirmou em entrevista ao Conexão Tocantins.

O candidato do PT é Paulo Mourão que faz articulações junto aos colegas e teria preferência de alguns deputados da base. Já Nilton Franco do PMDB já disse que está á disposição do grupo sem objeções a abrir mão da disputa.

Articulação

Além dos nove deputados da base podem apoiar o governo na eleição Valderez Castelo Branco do PP, Jorge Frederico do SD, Eli Borges do Pros e ainda Eduardo do Dertins (PPS) bem como Ricardo Ayres (PSB) o que depende ainda da articulação dos próximos dias. Todos esses parlamentares já  manifestaram abertura para a nova gestão.