Estado

Foto: Divulgação

Segundo confirmou o Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) ao Conexão Tocantins na tarde desta terça-feira, 24, a partir das 8 horas de quarta-feira, 25, iniciará greve geral da categoria por tempo indeterminado.

Houve uma reunião na manhã de hoje entre o secretário da Administração, Geferson Oliveira e o Sinpol, mas, segundo informou o Sindicato, o Governo do Estado não apresentou nenhum tipo de proposta e alegou por meio de diversas tabelas que o Estado não tem condições de cumprir com a lei que assegura benefício da categoria.

Ainda de acordo com informações repassadas ao Conexão Tocantins pelo Sinpol, os policiais civis terão como ponto de encontro a Secretaria de Segurança Pública. 

Pacto da Legalidade 

Segundo informou a presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Tocantins (Sindepol), Cinthia Paula de Lima, o "Pacto pela Legalidade: Delegado de Polícia Valorizado, Sociedade Protegida" que foi deliberado na sexta-feira, 13, continua. 

As diretrizes aprovadas no Pacto pela Legalidade por todos os delegados traz medidas ao cumprimento de uma jornada de trabalho de 40 horas semanais dos delegados de Polícia do Tocantins, ou em escalas de 24h por 72h; na ausência do delegado de Polícia os policiais civis não poderão adotar nenhuma providencia sem a presença do delegado de Polícia. (Matéria atualizada às 16h11min)