Palmas

Foto: Divulgação

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP) publicou um Decreto no Diário oficial que Fixa tarifa para remuneração dos serviços  de transporte individual de passageiros em automóvel de aluguel - Táxi. O decreto define as tarifas taximétricas para a  remuneração dos serviços de transporte individual de passageiros de R$ 4,10 por bandeira inicial, R$ 3,10 por quilômetro rodado com bandeira I e  R$ 3,70 por quilômetro rodado com bandeira II.

A bandeira I será cobrada no período das 6h às 22h  de segunda à sexta-feira e das 6h às 12h aos sábados. A bandeira II será cobrada de segunda à sexta-feira  no período das 22h às 6h, aos sábados a partir das 12h e em  período integral aos domingos e feriados.Durante o mês de dezembro a bandeira II será  cobrada integralmente todos os dias e horários, sendo facultada  ao permissionário sua aplicação.

Gastos

Alguns gastos da Prefeitura de Palmas tem sido questionados até por aliados do prefeito que questionam a prioridade para a Saúde e Educação. A secretaria de Governo e Relações Institucionais, comandada por Adir Gentil, contratou a empresa Tocantins Transporte e Turismo Ltda por quase meio milhão (R$ 499.996,6 mil)  para Prestação de serviços de quilômetros rodados - QR  em ônibus semi-leito, executivo, executivo para terra e micro- ônibus para eventual prestação de serviço de fretamento eventual  turístico. O contrato é de um ano a partir do dia 13 de fevereiro.

Já a  Secretaria de Finanças contratou serviço de manutenção preventiva, corretiva  permanente e chamada de emergência dos três elevadores do edifício onde fica a prefeitura e algumas secretarias no valor total de R$ 56.400,00 por 24 meses. No edifício funcionam as Secretarias de: Comunicação, Governo e Relações Institucionais, Desenvolvimento Urbano Sustentável, Procuradoria Geral do  Município, Transparência e Controle Interno, Habitação, Fundação de Esporte e Lazer, Acessibilidade, Mobilidade e Transporte, Educação e Gabinete do Prefeito.

Por sua vez, a secretaria de Infraestrutura vai gastar mais de R$ 7 mi com máquinas. A locação foi feita com a empresa  RSN Logística. O contrato terá vigência de um ano. “Pela prestação de serviços efetivamente executados, o contratante pagará à contratada os preços constantes de sua proposta, no valor estimado de R$ 7.740.000,00 limitado ao valor empenhado de R$ 7.507,500,00 milhões”, consta no contrato.

Ouvido pelo Conexão Tocantins sobre o assunto o secretário Marcílio Ávila afirmou que o contrato tem um valor alto porque corresponde a todas as 57 máquinas utilizadas pela pasta. “São todas as máquinas, roçadeiras, patrol, tudo para limpeza urbana, é porque os contratos sempre foram separados e agora fizemos tudo num contrato só", frisou.

Algumas das máquinas do contrato vão ser usadas também nas obras da vila olímpica que será construída ao lado do Estádio Milton Santos. A Terraplanagem vai levar ainda mais 30 dias, segundo Ávila.