Estado

Foto: Divulgação O Estado apresentou 1.098 novos postos de trabalho em fevereiro, segundo informou a Setas O Estado apresentou 1.098 novos postos de trabalho em fevereiro, segundo informou a Setas

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) revelam que o Tocantins teve desempenho positivo na geração de empregos no mês de fevereiro. O Estado apresentou 1.098 novos postos de trabalho, em fevereiro, este saldo equivale à diferença entre as 7.737 admissões e 6.639 desligamentos registrados no período, segundo informou a Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas). 

Os setores da economia que mais contribuíram para o crescimento de empregos no mês de fevereiro foram Indústria da Transformação e Serviços, que geraram respectivamente 365 e 335 novas vagas de emprego. Com relação à Indústria de Transformação, o subsetor de maior relevância foi indústria de produtos alimentícios, bebidas e álcool etílico. Já no setor de Serviços, os subsetores com maior destaque foram administração de imóveis, valores imobiliários, serviços técnicos e a área de ensino.

Segundo a gerente de balcão do Sine Tocantins, Marina Rocha de Almeida, comparando o desempenho de fevereiro em relação a janeiro, observa-se aumento no numero de admissões e na geração de vagas o que indica que o mercado de trabalho está se recuperando. “A expectativa é de que considerando os investimentos a serem implantados no Estado, o mercado continue em expansão, oferecendo aos trabalhadores tocantinenses melhores condições de empregabilidade”. Avalia a gerente.

Em relação ao cenário nacional, Marina Rocha pontua que o setor do Comércio que apresenta saldo negativo nacionalmente, teve resultado positivo no Tocantins e considera: “O setor Serviços também tem mantido o crescimento no Estado o que é bastante relevante para nosso desempenho geral”. Explica a gerente.

Números de Palmas

Em Palmas, o desempenho do mês de fevereiro também foi positivo, com saldo de 136 novas vagas o que demonstra reação do mercado de trabalho. O setor que mais admitiu na capital em janeiro e fevereiro foi o de Serviços.

Dados Brasil

Segundo o levantamento do trabalho formal divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, o mês de fevereiro registrou estabilidade no saldo de empregos no Brasil – com uma variação negativa de 0,01% em relação a janeiro. O mês registrou uma redução de 2.415 empregos, saldo que resulta de 1.646.703 admissões e de 1.649.118 desligamentos. (Ascom Setas)