Polí­cia

Foto: Divulgação

Segundo informações repassadas ao Conexão Tocantins nesta terça-feira, 24, pela Polícia Militar de Figueirópolis/TO, um adolescente, Edson Moreira Alves da Silva, 17 anos de idade, foi assassinado com tiro de arma de fogo na tarde de hoje no município. O pai da vítima, Valdenir Alves da Silva, 38 anos, que estava a trabalho em outra cidade, ao ter conhecimento da situação se dirigiu em uma camionete para a cidade, mas, no caminho, sofreu um acidente de trânsito e está gravemente ferido. Outras duas pessoas que trabalhavam com o pai da vítima, um com 27 anos e o outro com 38 anos de idade, morreram no acidente. 

Segundo a PM, o rapaz foi assassinado quando saia do colégio em que estudava. Ele foi abordado pelo autor, um menor de 15 anos, que iniciou uma discussão e efetuou o disparo no adolescente que morreu no local. O motivo, segundo a polícia, seria um desentendimento entre os dois. A vítima teria, há alguns dias, feito uma brincadeira de mau gosto em relação ao autor por causa de uma moto.

Acidente com o pai 

Segundo informações da Polícia Militar, o pai do adolescente assassinado estava a trabalho na cidade de Talismã/TO quando soube que o filho havia sido alvejado com disparo de arma de fogo, correndo risco de morte. O pai, então, de posse de uma caminhonete, e acompanhado de dois colegas de trabalho, seguiu no sentido a Figueirópolis para o encontro do filho, quando na tentativa de ultrapassar um caminhão com carga de abacaxi, colidiu de frente ficando gravemente ferido. O pai do adolescente assassinado foi encaminhado em ambulância para Gurupi. Os dois colegas de trabalho morreram no local.

O caminhoneiro responsável pela carga de abacaxi confirmou para à Polícia Militar que a caminhonete efetuou ultrapassagem arriscada, colidindo frontalmente com seu caminhão. O acidente aconteceu a cerca de 5 km de Figueirópolis. (Matéria atualizada às 07h54min de 25/03/15)