Educação

Foto: Divulgação

O câmpus Palmas, do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO), dá início nesta segunda-feira, 6, a programação que comemora seus 12 anos. Durante toda essa semana diversas atividades vão celebrar o aniversário da unidade, comemorado no último dia 4.

A abertura da semana comemorativa acontece às 9 horas, no Auditório Central da unidade. Logo após a abertura solene será realizada a mesa-redonda: Rumos da Educação (Profissional) no Tocantins. O tema será discutido por dirigentes do IFTO câmpus Palmas e autoridades do Estado e município de Palmas. Entre os convidados as secretarias de educação do Tocantins e de Palmas.

História

A história do câmpus Palmas, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), inicia em 1989, com a construção da Escola Técnica Federal de Palmas, antiga ETF-Palmas. A construção da instituição foi possível graças a um projeto idealizador do Governo do Estado do Tocantins e à disposição de uma equipe de professores da antiga Escola Técnica Federal de Goiás.

No ano de 2002, o CEFET do Paraná, assumiu o processo de implantação e realizou o primeiro concurso público para corpo docente e administrativo, como também, o exame de seleção para os cursos técnicos em eletrotécnica, edificações e informática.

Nesse primeiro processo, tomaram posse em março de 2003, 44 docentes, 12 técnicos administrativos e foram matriculados 360 alunos. Em 4 de abril de 2003, o ministro da Educação, Cristóvão Buarque, inaugurou oficialmente a ETF-Palmas.

Em 2008, a ETF-Palmas integrou-se à Escola Agrotécnica Federal de Araguatins, formando assim o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins. Atualmente, o IFTO possui oito campi em pleno funcionamento e três avançados. O Campus Palmas possui 351 servidores, sendo 113 técnicos administrativos; 212 professores efetivos, 26 professores contratados e em torno de 100 funcionários terceirizados.

O câmpusPalmas atua junto à comunidade por meio da oferta de cursos de formação e capacitação, como o programa de inclusão digital, e destaca-se pelas pesquisas desenvolvidas nas mais diversas áreas, sendo desta forma referência entre as instituições de ensino da capital e de todo o Tocantins e tendo uma importância estratégica para o desenvolvimento de toda Região Norte. 

Por: Redação

Tags: IFTO