Economia

Foto: Divulgação

Mesmo diante do atual quadro recessivo da economia brasileira, a maioria, ou seja, 51,7% de pessoas pretendem presentear seu ser amado no Dia dos Namorados - 12 de junho. Essa média foi revelada pela pesquisa de intenção de consumo para esta data aplicada nas três maiores cidades do Estado, Palmas, Araguaína e Gurupi. Realizada pelo Instituto Fecomércio Tocantins, em parceria com Universidade Federal do Tocantins (UFT), a pesquisa teve a finalidade de permitir que os empresários do setor do comércio e prestadores de serviço pudessem conhecer o perfil e a tendência dos consumidores para esse período nas três maiores cidades do Tocantins.

Palmas

Em Palmas, na intenção de compras, 45,1% dos entrevistados afirmaram ter esse desejo no sentido de presentear a namorada (27,6%) ou namorado (24,9%), tendo peça de vestuário como presente ideal (21,2%) e comprando de um a dois presentes (81,2%). A realização dessas compras será em shopping (46%), a pretensão de gasto entre R$ 100 e R$ 150 reais (30,4%) e com o pagamento em dinheiro (53,9%).

Ainda na Capital, 40,9% afirmaram não ter presenteado ninguém no Dia dos Namorados no ano passado. Os itens decisivos para a compra do presente foram: desconto no preço e promoções, empatados em 27,4% dos entrevistados.

Araguaína

Em Araguaína, segunda maior cidade do Estado, 51,6% dos entrevistados disseram ter a intenção de presentear o namorado (27,5%) ou esposo (23,2%). Item de perfumaria foi o presente mais lembrado (21,5%), mas comprando apenas um (01) presente (62,8%). Quanto ao local de compra, o comércio de rua foi o mais citado (69,2%), com a pretensão de gasto ficando entre R$ 50 e R$ 100 reais (29,6%) e realizando o pagamento em espécie (72,5%). O fator decisivo para a compra do presente foi o desconto no preço (28,5%) e 58,1% dos entrevistados afirmaram que não presentearam ninguém nesta mesma data em 2014.

Gurupi

Em Gurupi, a pesquisa apontou que 58,4% dos entrevistados afirmaram a intenção de presentear o namorado (29,5%) ou a namorada (23,9%). Vestuário foi o item mais apontado (25,6%), mas com intenção de aquisição de apenas um (01) presente (79,1%). O local de compra escolhido também foi o comércio de rua (69,7%), a pretensão de gasto do gurupiense ficou entre R$ 100 e R0 reais (40,6%) e a forma de pagamento mais apontada foi em dinheiro (62,4%). O fator decisivo para se realizar a compra foi o desconto no preço (33,7%) e os que presentearam alguém no mesmo período no passado acusou maioria, respondendo por 51,6% dos entrevistados.

Sobre a pesquisa

A pesquisa teve como objetivo oferecer aos empresários de Palmas, Araguaína e Gurupi o perfil e a expectativa dos consumidores para o Dia dos Namorados, a ser celebrado no próximo dia 12 de junho. Em Palmas, foram entrevistadas 401 pessoas de ambos os sexos, com idade entre 18 e 25 anos e renda familiar entre R$ 1.500 e R$ 2.000 reais. E foi aplicada entre os dias 11 e 15 de maio. Em Araguaína e Gurupi, também foram 401 pessoas entrevistadas no mesmo período, de ambos os sexos, na mesma faixa etária e renda familiar de até R$ 1.000 reais.

Por: Redação

Tags: Dia dos Namorados, Fecomércio