Polí­cia

Foto: Divulgação

Policiais Civis da Delegacia Interestadual de Capturas- Polinter e do Grupo de Operações Táticas Especiais – Gote, comandados pelos delegados Reginaldo de Menezes Brito e Rildo Barreira, efetuaram, nesta quarta-feira, 10, o recambiamento para o Estado do Tocantins de Anderson de Araújo Souza, 29 anos de idade.

  Ele é acusado pelo homicídio do qual foi vítima a professora Isabel Pereira da Silva, fato ocorrido no dia 29 de junho de 2009, em Xambioá e atualmente estava preso em uma penitenciária de Rondonópolis-MT, há alguns meses. De acordo com o delegado Reginaldo, Silva foi transferido para Xambioá, mediante o cumprimento de mandado de prisão preventiva expedido pelo juízo da Comarca daquele município, onde será julgado pelo crime de homicídio qualificado nesta quinta-feira, 11 juntamente com os demais envolvidos no crime.  

O julgamento estava marcado para acontecer em março, mas foi adiado em razão da greve da Polícia Civil. O pedido de adiamento se justificou pela impossibilidade de comparecimento de um dos acusados. Também serão julgados: Wagner Mendes da Silva, Sérgio Mendes da Silva, Roseli Francisco Alves da Silva e Ronaldo Espindola Silva.

O caso teve ampla repercussão no Estado.Os familiares de Isabel já fizeram várias mobilizações em prol da apuração do crime e condenação dos culpados e espera por justiça.

Por: Redação

Tags: Isabel Pereira da Silva, xambioá