Estado

Foto: Divulgação

O governador Marcelo Miranda assinou, na noite desta quinta-feira, 11, a ordem de serviço para reinício dos trabalhos de pavimentação nas quadras 307, 309 e 407 Sul, em Palmas. A obra está parada há mais de um ano, pela falta de pagamento da contrapartida do Estado, na gestão anterior.  A previsão da conclusão das obras é de 200 dias.

Na ocasião, o governador Marcelo Miranda destacou a importância do trabalho compartilhado entre município, Estado e o governo federal. "Estamos trabalhando para garantir melhorias para vida da população tocantinense. Sabemos da luta dos moradores destas quadras e estamos transformando este sonho de ver a malha asfáltica passando na porta das casas das pessoas, em realidade. Quando trabalhamos juntos, se torna mais fácil vencer todas as dificuldades", disse.

Marcelo Miranda também anunciou que, em função da sua viagem internacional para Europa, que acontece nesta sexta-feira, 12, a vice-governadora Claudia Lelis assumirá o principal cargo do Executivo estadual. "Será um momento histórico para as mulheres pois, por dez dias, teremos uma mulher no comando do Governo do Estado", disse.

Municipalismo

O secretário de Infraestrutura, Sérgio Leão, lembrou que o trabalho do Estado é municipalista. "Não medimos esforços para conseguirmos a contrapartida do Estado para que estas quadras pudessem ser asfaltadas. O Governo do Estado é um governo municipalista, trabalhamos nos municípios e aqui em Palmas não podia ser diferente", afirmou.

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, agradeceu ao governador Marcelo Miranda pela parceria e lembrou o desempenho do Estado na realização dos trabalhos nas quadras. "Desde a primeira reunião com o governador este foi o tema da nossa conversa: a continuidade dose trabalhos aqui nestas quadras. Governador, em nome de todos os moradores agradeço a sua sensibilidade com os moradores", frisou.

Beneficiados

Para o mestre de obra e morador da Quadra 407 Sul José Martins da Silva o retorno da pavimentação daquela região é muito esperado. "É uma maravilha, o asfalto é um grande benefício para a sociedade. Tem 11 anos que moro na quadra e agora está chegando. No inverno temos a lama e no verão a poeira e com essas obras vai mudar tudo", disse.

Já de acordo com a assistente social e moradora da Quadra 309 Sul Rosicleide de Lima Vieira, há décadas os moradores esperam pelo asfalto. "Sofremos muito com a poeira, nessa época do ano os moradores adoecem. Com essas obras vai melhorar muita coisa, moro aqui há dez e desde então sonhamos com essas obras", apontou.

Há mais de 12 anos morando na Quadra 307 Sul, Pedro Amilton Aguiar Cruz é membro da associação de moradores da quadra e lembra que a luta pela pavimentação é histórica. "Essa é uma luta longa. Já tivemos várias expectativas e as coisas foram se consolidando, já tivemos inícios e paradas de obras e esta é a fase mais esperançosa na concretização dos trabalhos. Vai melhorar o trânsito, a qualidade de vida", frisou.
 
Investimento

A pavimentação das vias vai melhorar o acesso dos moradores às quadras e as condições de trafegabilidade, dando outra aparência ao local. A obra é de responsabilidade do Estado. As máquinas já iniciaram as atividades na Quadra 407 Sul. Na próxima semana, está previsto o início dos serviços de drenagem na Quadra 307 Sul e, logo após, os serviços de drenagem serão iniciados nas ruas da Quadra 309 Sul.

O investimento total do empreendimento é de R$ 33 milhões, provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e da Caixa Econômica Federal, com contrapartida do Estado de R$ 6,5 milhões, oriundos do Tesouro.