Estado

Nesta quarta-feira, 17, a partir da 7h30, empresários, colaboradores do comércio, categorias profissionais e a comunidade em geral participarão de uma caminhada pela segurança pública em Araguaína. A concentração será na Praça das Bandeiras. De lá, os participantes percorrerão a Avenida Cônego João Lima pela contramão até a BR-153, onde haverá um ato simbólico. A mobilização é fruto de uma parceria entre a Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara), entidades sociais, instituições de ensino e ONGs.

A ação é uma forma de chamar a atenção do poder público para a situação de abandono vivenciada por Araguaína com relação à segurança pública. “Já chegou a hora de darmos um basta nesta violência. Os assaltos à mão armada ao comércio e residências estão aterrorizando a população e cresceram vertiginosamente nos últimos meses”, afirma o presidente da Aciara, Manoel de Assis Silva.

O principal foco das manifestações será o aumento no efetivo de policiais militares e civis na cidade, melhor aparelhamento das forças de segurança e a reativação imediata dos conselhos comunitários de segurança. “Estamos muito aquém dos investimentos que são feitos na capital e somos a segunda maior cidade do Estado, responsáveis por uma parcela significativa na arrecadação de tributos”, comenta o assessor jurídico da Aciara e presidente dos Conselhos de Segurança, Dearley Kuhn.

De acordo com a organização, a passeata será o ponto de partida para ações permanentes com relação à segurança pública como fóruns de discussão, gabinete de gestão integrada e projetos sociais e esportivos para inclusão de jovens.

Participam da mobilização representantes do Sindicado dos Empregados do Comércio do Estado do Tocantins – Seceto, Universidade Federal do Tocantins (UFT), Maçonaria, ITPAC, Faculdade Católica Dom Orione, bancos Itaú e Caixa Econômica Federal, Rotary Club, Lions Clube, Corpo de Bombeiros, Sindicato das Indústrias de Confecções do Estado, OAB, ONG SOS Liberdade, ONG Justiça e Cidadania, Conselho dos Pastores de Araguaína e Federação das Associações das Micro e Pequenas Empresas de Araguaína