Polí­tica

Foto: Divulgação Eduardo Siqueira foi á tribuna onde criticou a segurança pública na cidade de Araguaína e pediu providências Eduardo Siqueira foi á tribuna onde criticou a segurança pública na cidade de Araguaína e pediu providências

O deputado estadual Eduardo Siqueira Campos (PTB) foi à tribuna na Assembleia Legislativa onde criticou a segurança pública na cidade de Araguaína e pediu providências. Ele relatou que a cidade só tem quatro viaturas e que o efetivo foi reduzido. Segundo ele, a tropa está desmotivada e o comandante não transfere esse sentimento para o governador do Estado.

O parlamentar leu ainda um ofício datado de 11 de junho deste ano assinado pelo juiz Alvaro Nascimento Cunha no qual ele externa a preocupação com a segurança pública em Araguaína com o aumento de assaltos nas lojas e ainda os roubos a mão armada.

O líder do PMDB e presidente da Comissão de Segurança Pública, Nilton Franco disse que é lamentável. “Araguaína é o retrato da insegurança pública do Estado, lá deu o grito mas o estado todo está gritando”, disse.

O parlamentar confirmou de que a cidade tem apenas quatro viaturas. Ele propôs reunião na próxima semana para programar de levar audiências públicas em busca de respostas para a sociedade. “É lamentável a situação que se encontra”. O parlamentar comentou ainda da falta de andamento do concurso da Polícia Civil pela falta de condições financeiras do Estado. “ Temos que buscar alternativas não dá para continuar como está, sua preocupação é a nossa também estamos juntos nessa luta pela defesa da população”, disse.

O deputado Olintho Neto propôs um cronograma de audiências públicas.

Elenil da Penha (PMDB) afirmou que o comandante Geral da Polícia, Coronel Glauber esteve na cidade semana passada para tratar do assunto e se comprometeu a melhorar a estrutura. “Não estou colocando a culpa no governador Marcelo Miranda mas a culpa é do governo que está aí e de todos nós” disse. Ele falou da necessidade de políticas e ações urgentes que contenham a violência.