Saúde

Foto: Divulgação

A Central de Armazenamento e Distribuição Estadual de Imunobiológicos terá uma nova sede, o que vai possibilitar mais eficiência no recebimento, armazenamento, conservação, distribuição e transporte das vacinas. A autorização para a obra de reforma e adequação do prédio, que abrigava a antiga Farmatins, já foi assinada e os serviços devem ter início imediato.

A diretora estadual de Arquitetura e Engenharia nos Estabelecimentos de Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Fernanda Moura Medrado, lembra que o prédio fica localizado no Complexo do Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen), onde já está a atual sede da Gerência Estadual de Imunização.

“A obra trata-se de uma reforma geral do edifício e uma pequena área de ampliação para o funcionamento da Central. A estrutura física foi estabelecida para atender todos os ambientes, equipamentos, acessos, fluxos, setorizações e outros que irão atender as necessidades”, destaca a diretora, ressaltando que a nova estrutura permitirá ainda a utilização de uma área para carga e descarga de carregamentos, o que deve facilitar o recebimento e a remessa de vacinas para os municípios do Estado.

A gerente estadual de Imunização, Rosângela Bezerra, ressalta que a nova Central vai assegurar ainda mais a preservação dos imunobiológicos. “Com a crescente demanda de inclusão de novas vacinas e em decorrência da necessidade de ampliação e aprimoramento da infraestrutura e das condições de funcionamento da Rede de Frio do Tocantins, a nova Central vai assegurar a preservação das características originais dos imunobiológicos”, explica.

Segundo Rosângela, as vacinas devem ser mantidas em condições adequadas de refrigeração, desde o laboratório produtor até o momento de sua utilização, com o objetivo de atender satisfatoriamente as necessidades dos municípios, conferindo assim a imunidade desejada à população.

A obra de reforma e adequação está orçada em R$ 1.379.000,00 e a empresa responsável é a Nasa Construtora Ltda.