Polí­tica

Foto: Divulgação

Os investimentos e principalmente obras da gestão municipal da capital Palmas foram alvo do discurso do deputado estadual Wanderlei Barbosa (SD) na tribuna da Assembleia Legislativa do Tocantins nesta terça-feira, 23. O parlamentar voltou a fazer acusações de corrupção contra a gestão do prefeito Carlos Amastha (PSB).

“Eu não nominei ninguém de ladrão e continuo com o mesmo pensamento, quero que o vereador vá à justiça", disse Wanderlei Barbosa se referindo ao vereador Milton Néris (PR) da base do prefeito que entrou com ação de calúnia e difamação contra o deputado, que, em pronunciamento anterior na Assembleia, acusou agentes políticos do município de corrupção. O deputado continuou: "e quero que reúna o Amastha  e todos os vereadores e provem para mim que não desviaram dinheiro público”, disse, ao comentar declarações de vereadores da base do prefeito de que iriam à justiça contra suas acusações.

Ao citar algumas obras na capital o deputado chegou a dizer que está analisando mais de 13 contratos da atual gestão e criticou: “Em Taquaruçu era para fazer 40 mil metros de calçadas com um contrato de R$ 2 milhões fizeram 7 mil metros. O que se vê é só obras inacabadas, pintura semanal de meio fio e colocação de gramas a preço maior que o de mercado. Tem reforma de creche nesta cidade que custou mais que a obra.  Como justificar um orçamento de R$ 1,2 bi e não fazer nada? Esse é o governo que ajudei eleger e me arrependo”, desabafou o deputado.

Wanderlei Barbosa chegou a mencionar ainda que está estudando um contrato de um shopping que está sendo construído no município de Araguaína que, segundo ele, há evidências de suposta ligação da empresa com a Prefeitura da capital, porém, não entrou em detalhes sobre o assunto. “Estou estudando o contrato e virei a essa tribuna relatar”, afirmou.

Há meses Wanderlei Barbosa e os vereadores da base do prefeito estão numa guerra declarada. A cada acusação de corrupção que o parlamentar faz contra o prefeito Carlos Amastha, os vereadores rebatem também com críticas. “Eu não preocupo com mentiras de alguns agentes da Câmara de Palmas”, voltou a mencionar na sessão de hoje.

O deputado do partido do prefeito, Ricardo Ayres não estava presente na sessão e nenhum outro parlamentar defendeu a gestão da capital.