Estado

Foto: Divulgação

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), desembargadora Ângela Prudente, reuniu-se com juízes eleitorais e chefes de Cartório de 7 (sete) Zonas Eleitorais do Estado para tratar sobre a logística e operacionalização da 4ª etapa da Biometria em Colinas do Tocantins (4ª ZE), Guaraí (6ª ZE), Cristalândia (13ª ZE), Taguatinga (17ª ZE), Paranã (18ª ZE), Natividade (19ª ZE) e Arraias (22ª ZE).

Ao iniciar a reunião, a presidente deu as boas-vindas aos presentes, ressaltando a importância da gestão democrática e de que o momento é para ouvi-los e mostrar a forma de trabalho que será empregada na 4ª etapa da Biometria no Tocantins. A presidente ainda informou que toda a equipe de servidores está à disposição para auxiliar no que for preciso. “O nosso desafio é grande e nossa meta é ousada. Estávamos realizando o cadastro biométrico em duas zonas eleitorais, agora serão doze. É importante e vital a participação e o envolvimento dos magistrados e de todos os servidores”, destacou.

Na ocasião ficaram acertados detalhes administrativos como: requisição de força de trabalho, convênios com Universidades e Faculdades, campanhas de divulgação, apoio e logística específicos para a 13ª Zona Eleitoral de Cristalândia,  composta por aproximadamente 1.200 eleitores indígenas. O Juiz da referida Zona Eleitoral, Wellington Magalhães destacou que serão empreendidas ações estratégicas com a comunidade, entre elas reuniões com caciques e lideranças indígenas para o sucesso da 4ª etapa da Biometria na região.

Outras cinco Zonas Eleitorais também fazem parte desta 4ª etapa da Biometria no Tocantins, são elas: Porto Nacional (3ª ZE), Miracema do Tocantins (5ª ZE), Dianópolis (25ª ZE), Miranorte do Tocantins (28ª ZE) e Novo Acordo (35ª ZE).

Como acontecerá?

A revisão iniciará em caráter ordinário, ou seja, não haverá a obrigatoriedade, neste primeiro momento, do eleitor se dirigir ao Cartório Eleitoral  para realizar seu recadastramento. Serão revisados aqueles que procurarem os serviços da Justiça Eleitoral para, por exemplo, realizarem seu alistamento eleitoral, revisão de dados e documentos, transferência de domicílio eleitoral, expedição de 2ª Via de título de eleitor e expedição de certificado de quitação eleitoral.

Quarta fase

O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), por meio da Resolução 324 de 14 de maio de 2015, autorizou 12 (doze) Zonas Eleitorais do Tocantins a procederem com a atualização ordinária do cadastro eleitoral com a identificação biométrica. Desta forma, os eleitores serão reconhecidos, nas eleições, por meio de suas digitais. Ao todo, serão 53 municípios, com cerca de 280 mil eleitores.

Com o término dessa fase o Tocantins terá cerca de 70% de seu eleitorado votando por meio da identificação das digitais.

Participantes

Participaram da reunião a juíza eleitoral, Greyce Kelly Sampaio, e o chefe de Cartório, Odenilton Tavares de Souza da 4ª ZE; o juiz Wellington Magalhães e o chefe de Cartório, Carlos Moreno Santos Júnior da 13ª ZE; o chefe de cartório substituto da 6ª ZE de Guaraí Helder Ferreira Duarte;  o chefe de Cartório da 17ª ZE, Geraldo Lima; o juiz Eleitoral, Márcio Soares da Cunha e a chefe de Cartório Suelene Ferreira de Souza da 18ª ZE; a juíza Eleitoral, Edssandra Barbosa Lourenço e o chefe de Cartório Lindo Johnson Ferreira da Ponte da 19ª ZE; o juiz Eleitoral, Márcio Ricardo Ferreira Machado e o chefe de Cartório, Marden Gomes Marinho da 22ª ZE; o secretário de Tecnologia da Informação, Jader Batista Gonçalves; a secretária de Gestão de Pessoas, Cristiane Regina Boechat Tose; o coordenador de Gestão da Informação, Denilson Mariano de Brito, representando a secretária Judiciária; o secretário de Administração e Orçamento, Teodomiro Fernandes Amorim; a assessora de Comunicação Social, Corporativa e Cerimonial, Lara Alves Araújo.