Estado

Foto: Divulgação Presidente de Sindicato diz que ficou surpreso com falta de pagamento dia 20 Presidente de Sindicato diz que ficou surpreso com falta de pagamento dia 20

A primeira parcela da data-base dos servidores públicos do Estado estava prevista para ser paga nessa segunda-feira, 20, mas ainda não tem data confirmada para acontecer. A Secretaria da Administração (Secad) informou ao Conexão Tocantins na manhã desta terça-feira, 21, que no momento a equipe técnica do órgão trabalha na produção da folha de pagamento que contempla o percentual da primeira parcela da data-base. A previsão do governo é que a folha seja paga ainda no mês de julho.

O impacto na folha com o pagamento de 4,17% - para a folha de julho e os retroativos gerados em maio e junho, está estimado em R$ 17 milhões, beneficiando 36 mil servidores. A segunda parcela, de 4,003%, tem previsão de ser efetuada na folha de outubro.

O presidente do Sindicato dos servidores Públicos, Sisepe, Cleiton Pinheiro, afirmou ao Conexão Tocantins que foi uma surpresa para as entidades a falta de pagamento do benefício dia 20 conforme aprovado na Assembleia. “ Vamos cobrar o pagamento da data-base e a explicação de índice de data-base é percentual”, disse. Segundo ele, o processamento da folha pode ser feito em até um dia. “ O que faltou foi vontade política e administrativa”, apontou.

Pinheiro vai reunir-se com o secretário da Administração, Geferson Barros, hoje para tratar do assunto.

Data-Base

O pagamento da data-base gerou polêmica e culminou inclusive com uma greve dos servidores do Quadro Geral. Os Sindicatos não aceitaram a proposta parcelada mas o governo mostrou os dados e comprovou as dificuldades financeiras.