Economia

Foto: Divulgação

Em Guaraí, aproximadamente 46 proprietários de estabelecimentos comerciais do ramo de alimentação, reuniram com integrantes da Odebrecht Ambiental | Saneatins e com servidores da Vigilância Sanitária para receber orientações importantes sobre o uso da água tratada na preparação de alimentos e os riscos do consumo de água provenientes de fontes alternativas como poços artesianos e cisternas.   Estas formas de consumo não têm as mesmas garantias de qualidade presentes no abastecimento de água tratada, que obedece à normas de potabilidade do Ministério da Saúde.

Para Karoline Poletto, responsável operacional da Odebrecht Ambiental | Saneatins em Guaraí, a iniciativa tem ganhos diretos. “O comerciante quer sempre oferecer o melhor produto ou serviço à seu cliente e nós estamos prontos para ajudar ele a cumprir essa tarefa dispondo dessas orientações sobre a qualidade da água”, afirma.

O encontro foi realizado pela equipe de Vigilância Sanitária em comemoração ao Dia Nacional da Vigilância Sanitária (05/08). Na ocasião, a engenheira Eliandra Barros, da Odebrecht Ambiental | Saneatins, repassou aos comerciantes as informações sobre o serviço de abastecimento de água da cidade de Guaraí bem como os procedimentos de controle da qualidade realizado pela concessionária.

Os comerciantes interessados em se ligar à rede de abastecimento de água devem procurar a loja de atendimento da Odebrecht Ambiental | Saneatins, localizada na Rua 3 esquina com a Avenida Goiás. O horário de atendimento é das 14h às 18h. Mais informações também podem ser obtidas ao ligar para o 0800 6440 195, que funciona 24h.

Por: Redação

Tags: Eliandra Barros, Guaraí, Karoline Poletto