Cultura

Foto: Divulgação

Já está quase pronto o palco que receberá na noite de sexta-feira (14/08) os finalistas da 5ª edição do Festival SESI Música, que acontece no Crystal Hall, em Palmas, a partir das 20 horas. Entre eles estão Jane Lima, primeiro lugar na categoria interpretação em 2013, Jarbas Moura, o Ice Rapper, primeiro lugar na categoria música inédita, e Silvinho da Paraíba, que já esteve em várias finais do festival.

Os artistas trabalhadores que moram no interior do estado, todos colaboradores de empresas tocantinenses, chegam a capital na próxima quinta-feira,13, para participar de uma oficina de postura e voz com a coreógrafa Meire Maria, responsável pela produção cênica do festival.

Os 14 artistas que subirão ao palco para se apresentar na grande final estarão acompanhados da Banda SESI de Música, formada por profissionais experientes e que já participaram de outras edições do festival. Os três primeiros colocados de cada modalidade (música inédita e interpretação) receberão prêmio em dinheiro no valor de R$ 5.000,00, R$ 3.000,00 e R$ 2.000,00, respectivamente, mais troféu. O cantor pernambucano Geraldo Azevedo encerra o evento cantando grandes sucessos compostos por ele e com parceiros como Luís Gonzaga, Geraldo Vandré, Alceu Valença e Zé Ramalho.

Com 12 anos de estrada interpretando composições próprias e de artistas consagrados da Música Popular Brasileira (MPB), Jane Lima diz que só de estar entre os finalistas já é uma vitória, mas que espera vencer mais uma vez. “ Quero ganhar, mas se não der mesmo assim fico satisfeita com a experiência adquirida”, destaca a artista, acrescentando que de todos os festivais que participa o que mais gosta é o do Sesi. “ Adoro o Festival Sesi Música, é o que mais tenho satisfação e prazer de participar, a instituição investe no aprendizado da gente e isso não tem preço, é muito gratificante”, afirma.

Leila Aires, coordenadora do festival, conta que os participantes são tratados com carinho, e que o Sesi Tocantins, além de uma boa performance musical, se preocupa também com o bem-estar deles para que se reconheçam como verdadeiros artistas. “Esse tratamento diferenciado acaba contagiando, por isso valorizam tanto o Festival Sesi Música”, explica. 

Por: Redação

Tags: Festival de Música, Fieto, sesi