Polí­tica

Foto: Divulgação

Os vereadores de Palmas reuniram-se nesta quinta-feira, 27 de agosto, com representantes de categorias dos servidores municipais para discutir o projeto de lei n° 25/2015 em tramitação na Casa, que prevê a alteração do plano de carreira dos servidores do município de Palmas. Como consta no documento enviado pelo executivo, a proposta tem por finalidade fixar um prazo único para pagamento das progressões e promoções concedidas aos servidores públicos municipais.

Na ocasião, foram apontados alguns questionamentos sobre o projeto por parte dos servidores e dos próprios vereadores, em virtude do executivo não ter discutido o seu conteúdo com as categorias atingidas. Ficou definido que a Câmara não vai colocar o projeto em pauta enquanto o executivo não rever o projeto ou sanar as possíveis dúvidas dos servidores, com o objetivo de abrir o diálogo entre os envolvidos.

Para o vereador professor Júnior Geo (Pros), além de não discutir com a sociedade, o projeto encaminhado pelo executivo não prevê prazo para a apreciação dos pedidos pela comissão e não define se haverá pagamento dos retroativos desde a data do requerimento. “O executivo encaminhou um projeto para a Câmara Municipal com uma série de dúvidas e questionamentos legítimos por parte das categorias. Estamos trabalhando em conjunto na defesa dos direitos dos servidores para que, caso ocorra alguma dúvida, seja sanada e que seja resolvido qualquer problema antes de colocar em votação”, afirmou Geo.