Economia

Foto: Divulgação

Começou na terça-feira, 1° de setembro, a cobrança do valor reduzido R$ 5,50 para R$ 4,50 na conta de luz por cada 100kW/h consumidos, a título de bandeira vermelha. A bandeira tarifária é cobrada desde janeiro deste ano quando a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) implantou o sistema em três cores: vermelha, amarela e verde. 

A bandeira vermelha sinaliza para o consumidor que a geração hidrelétrica não atendeu o consumo e foi necessário ligar as usinas térmicas que têm custo bem maior que a geração à água; a amarela sinaliza consumo bem próximo da capacidade de atendimento das hidrelétricas e requer atenção; e a verde que não há razão para preocupação com a oferta de energia. A cobrança era feita anualmente na composição da tarifa e passou a ser cobrado mensalmente. 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) publicou a redução no Diário Oficial da União de 31/08/15, e informou que o valor menor foi possível porque houve redução de consumo e melhora no nível dos reservatórios das hidrelétricas.

Campanha

A Energisa orienta seus clientes a controlar o consumo de energia com campanha publicitária veiculada em televisão, rádio, busdoor, portais de notícias, revistas e redes sociais. O personagem da campanha é o Gastão, criado para fazer os clientes refletirem sobre mudanças simples de hábitos de consumo.

Projeto

Além da campanha publicitária a Energisa começou hoje o Projeto Nossa Energia  com o objetivo de ensinar a população a usar energia elétrica com segurança e economia. O Projeto é desenvolvido com um caminhão escola equipado com um auditório; demonstrações de consumo consciente de energia; palco para apresentações de arte, educação e troca de geladeiras e de lâmpadas usadas por novas com selo de eficiência energética. O Nossa Energia faz parte do Programa Energia Eficiente, do Grupo Energisa, que segue as normas do Programa de Eficiência Energética (PEE) da Aneel. Este ano o Projeto será apresentado em 34 municípios tocantinenses.