Estado

Foto: Divulgação

O Poder Judiciário do Tocantins celebra a inserção de mais uma comarca de 3ª entrância no grupo 100% digital. Com o término dos trabalhos de digitalização dos processos físicos remanescentes da 2ª Vara Cível, todos os feitos da Comarca de Porto Nacional passam a tramitar virtualmente.

Na 2ª Vara Cível de Porto Nacional foram digitalizados 4.074 processos. A ação contou com o auxílio do Núcleo de Apoio às Comarcas (Nacom), servidores e estagiários.

Para o titular da Vara, juiz José Maria Lima, “a conclusão da digitalização dos processos físicos deste juízo, importa em claro e inequívoco progresso para o Poder Judiciário nesta Comarca e, por conseqüência, no Estado do Tocantins. Caracteriza, ainda, mais um passo adiante na implementação de medidas que visam assegurar celeridade e segurança nos julgamentos das causas aqui postas”, afirmou o magistrado.

O escrivão Rodrigo Avelino de Paula coordenou a equipe responsável pela virtualização dos feitos e apontou as vantagens trazidas pela era digital. “Com certeza proporcionará aos jurisdicionados uma justiça célere, dinâmica e transparente, bem como condicionará aos servidores e magistrados ferramentas eficazes para o cumprimento dos atos processuais, de fato, em consonância com as disposições estabelecidas em lei”, concluiu o servidor.