Polí­tica

Foto: Carlos Silva

A ministra da Agricultura, senadora Kátia Abreu (PMDB) e o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, reuniram-se na última quarta-feira 2, no prédio do ministério da Agricultura e Pecuária, com um grupo de empresários goianos e tocantinenses interessados em dar continuidade às obras de duplicação da rodovia BR-153 (Belém-Brasília), trecho Anápolis/GO - Aliança do Tocantins. Da reunião participou ainda o presidente da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Luiz Macedo Bastos. As obras estão paralisadas.

Os empresários tem interesse em formar um consórcio e propor ao Governo Federal continuar as obras paralisadas pela Queiroz Galvão, vencedora da licitação, e que apresenta dificuldades para a sua execução, em função das investigações da Operação Lavajato.

Para a ministra Kátia Abreu é importante que as obras recomecem por isto tem buscado a participação de empresários interessados em continuá-las por sua importância, tanto para Goiás como para o Tocantins. “O governo tem interesse em ajudar a formar este consórcio para que as obras sejam retomadas, tudo conforme permitido pela legislação”, falou a ministra. “Se for com empresários do Tocantins e de Goiás, melhor ainda”, disse Kátia.