Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente do PSDB/TO, senador Ataídes Oliveira, criticou a propaganda veiculada pelo Governo do Estado anunciando a estabilização do sistema estadual de saúde pública. Para Ataídes, trata-se de mais uma tentativa de fraudar a realidade em que vive o povo tocantinense.

“A saúde passa por um dos piores momentos da história do Tocantins. Faltam médicos, remédios, estrutura básica para atendimento digno à população. Os profissionais de saúde, por sua vez, sofrem com as péssimas condições de trabalho e têm plena razão de cobrar por seus direitos. Faltam investimentos em equipamentos necessários para os atendimentos nas unidades de saúde do Estado”, afirmou o senador.

Ataídes convidou a sociedade para acompanhar de perto os noticiários e apurar a verdade sobre a situação dos hospitais, e assim, desmascarar a atitude promocional do governo. “A única máquina de radioterapia do Estado está   quebrada, o que já foi até denunciado no noticiário em nível nacional. O equipamento de tomografia do Hospital Geral de Palmas também está com defeito. Estes são apenas alguns exemplos da situação difícil enfrentada por pacientes que dependem de exames para diagnosticar situações de risco”, destacou.

O senador classificou a administração de Marcelo Miranda como o governo do faz de conta. “Faz de conta que consertou a saúde; faz de conta que a educação melhorou; faz de conta que a infraestrutura avançou; faz de conta que está cumprindo a lei de responsabilidade fiscal e que equilibrou as contas públicas”, criticou.

A ausência de informações no Portal da Transparência também tem deixado o senador indignado. “Onde não há transparência, há grande chance de haver corrupção. O governo não pode prestar contas pela metade, é preciso clareza com informações públicas. Esse é um direito do povo tocantinense", concluiu