Saúde

Foto: Divulgação

Dos 66 indicadores de saúde, a Diretoria de Atenção Primária da Secretaria  Estadual da Saúde (Sesau) acompanha dez e conta com o painel de indicadores virtual para manter o contato e feedback com os municípios de todo o Tocantins. O painel  subsidia os técnicos e gestores  municipais no acompanhamento, monitoramento e direcionam o planejamento municipal e interno da Diretoria de Atenção Primária. O  trabalho iniciou este ano e visa utilizar as novas tecnologias de informação para a aproximação com gestores municipais.  

De acordo com a responsável pela gerência de Monitoramento da Sesau, Mayana Pantoja, o mecanismo  é também usado pelo pelos tutores e  supervisores  do Programa Mais Médicos  e Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab),  auxiliando  os profissionais que atuam nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) no território tocantinense.“ 

Um exemplo da aplicabilidade do painel é a visibilidade  do desempenho satisfatório de alguns municípios e a motivação para a troca de experiências, assim como destaque para municípios com ausência de informações no sistema ou incipiência dos dados, despertando ambas as partes para construção de propostas de intervenção, com vistas em melhorar o desempenho dos indicadores", destacou.

Ainda de acordo com a responsável pela gerência,  no total são 85 municípios que utilizam o  painel de indicadores virtual como  auxílio  para o monitoramento e acompanhamento dos indicadores de saúde. Todos os gestores podem solicitar acesso às informações pelo email meatocantins@gmail.com.

São Miguel do Tocantins é um destes municípios, que com utilização da ferramenta conseguiu ter acesso aos indicadores diariamente. “A vantagem é mostrar a equipe de profissionais de saúde como está o resultado do processo de trabalho baseado nos indicadores”, ressaltou a enfermeira Rosemeire Vieira.

Os indicadores que a atenção primária acompanha são de cobertura populacional estimada pelas equipes de atenção básica, Proporção de Internações por Condições Sensíveis à Atenção Básica (Icsab), cobertura   de  acompanhamento das condicionalidades de saúde do Programa Bolsa Família (PBF), média da ação coletiva de escovação dental supervisionada, cobertura populacional estimada pelas equipes básicas de saúde bucal, média da ação coletiva de escovação dental supervisionada, proporção   de   exodontia   em   relação  aos procedimentos, proporção de parto normal, proporção de nascidos vivos de mães com sete ou mais consultas de pré-natal, número de óbitos maternos em determinado período e local de residência, taxa de mortalidade infantil.