Polí­cia

Os soldados do Exército João Gabriel Tavares de Araújo e Filipe Magalhães Freua, ambos de 19 anos, foram denunciados pelo Ministério Público Estadual (MPE) à Justiça pelo crime de latrocínio. João Gabriel teria matado Nivaldo Bernardes Borges, 47 anos, no dia 10 de dezembro, na Praia do Prata, região Sul da Capital. Filipe teria fornecido a arma para o crime. Os dois jovens estão presos na Casa de Prisão Provisória de Palmas.

Conforme a denúncia, feita ontem pelo promotor de Justiça Lucídio Bandeira Dourado, o crime foi premeditado. João Gabriel havia conhecido Nivaldo no dia 5 de dezembro durante um acidente de trânsito. O jovem teria ludibriado a vítima lhe dizendo que manteriam relações sexuais. No entanto, o encontro terminou em morte. O carro de Nivaldo, um Agile, o celular e uma caixa térmica foram roubados.

Por: Redação

Tags: Polícia Militar, Praia do Prata