Educação

Foto: Adilvan Nogueira

Encerra no dia 6 de abril, o prazo para as unidades escolares de educação básica do país finalizarem o cadastramento das informações referentes à segunda etapa do Censo Escolar de 2015. Nesta última fase, as escolas devem informar no sistema on-line do Educacenso a situação dos alunos referente ao ano anterior, como aprovação, reprovação e abandono.

A uma semana do término do recenseamento, no Tocantins, 93% das instituições de ensino já haviam encerrado o cadastramento. Com a proximidade da data limite, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), por meio do setor do Censo Escolar, está orientando as escolas a concluírem a inserção das informações, que é obrigatória. 

De acordo com o coordenador do Censo Escolar no Tocantins, Osvaldo Dantas, as instituições devem ficar atentas também ao fechamento correto do sistema para validar as informações. “Além de inserir os dados, é necessário fechar o sistema e emitir o recibo de conclusão. Só assim será computado no Educacenso o que foi informado. Caso contrário, as informações que foram incluídas não serão consideradas válidas”, frisou. 

Terminada a coleta nacional, os dados preliminares estarão disponíveis por 15 dias para os gestores escolares realizarem a conferência ou a correção das informações, caso seja necessário.

 Formação para técnicos das DREs 

Neste ano, o Educacenso sofreu mudanças e muitas escolas encontraram dificuldades no acesso. Para auxiliar nesses casos, as unidades escolares podem recorrer ao setor do Censo Escolar da Seduc e aos técnicos das 13 Diretorias Regionais de Educação (DREs). 

Segundo o coordenador estadual do Censo Escolar, está prevista capacitação voltada aos servidores responsáveis pelo recenseamento escolar no Tocantins. “A intenção da Seduc é proporcionar uma formação para a próxima campanha de 2016. Será um treinamento de atualização com os técnicos das DREs, considerando que o Educacenso tem passado por alterações constantes”, relatou. 

O Censo O Censo Escolar é um levantamento de dados estatísticos educacionais nacionais, realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). É a partir das informações coletadas pelo Censo que são formuladas as políticas públicas de educação e executados os programas governamentais da área, além de subsidiar as análises e os estudos sobre as características do ensino básico no Brasil.