Esporte

Foto: Alfredo Sosa Atleta paralímpica de arremesso do peso, Rhailma Jhulia, da Apae de Palmas Atleta paralímpica de arremesso do peso, Rhailma Jhulia, da Apae de Palmas

A Secretaria Estadual da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) apoiará, com transporte e acompanhamento técnico, a delegação tocantinense de atletas paralímpicos que representará o Estado no Circuito Brasil Caixa de Atletismo, Natação e Halterofilismo. O evento será realizado em Brasília/DF, entre esta quinta-feira, 31 de março até o dia 3 de abril.

A delegação é composta por 30 pessoas de Palmas, Porto Nacional, Araguaína e Miranorte, sendo 12 da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Palmas, 10 da Associação de Atletismo Chegando na Frente, oito da Apae de Araguaína, além de membros da Comissão Técnica, entre eles o técnico Paulo Sérgio Brandão, da Seduc, que acompanhará a equipe.

As equipes do interior do Estado embarcam na noite desta quinta-feira, 31, e os representantes da Capital, na sexta-feira, 1º de abril.

Destaques

De acordo com o chefe da delegação da Associação de Atletismo Chegando na Frente, Raphael Couto, entre os representantes do Tocantins estão iniciantes, recordistas brasileiros escolares e paratletas rankeados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). “Alguns com possibilidade de se classificarem para disputar os Jogos Paralímpicos no Rio de Janeiro”, destacou.

Na delegação tocantinense, destaque para a atleta Rhailma Jhulia (Apae de Palmas) que conseguiu medalha de ouro na fase regional no Circuito Caixa Loterias, ano passado, em Uberlândia-MG (7,75 metros), sendo a 3ª colocada no ranking do Brasil, também em 2015, na prova do arremesso de peso na classe F20 (deficiência intelectual).

Lorena Fonseca, representante de Porto Nacional, é recordista brasileira escolar, marca conquistada nas Paralimpíadas Escolares de 2015, no lançamento de dardo 2 nos 100m e  arremesso de Peso classe T 36 físico. No mesmo evento, Ilquias Lopes, morador de Palmas, também foi destaque nos 100, salto em distância e lançamento de Dardo classe T47 (deficiência física).