Estado

Foto: Divulgação Prefeito Otoniel Andrade vistoria obras em Porto Nacional Prefeito Otoniel Andrade vistoria obras em Porto Nacional

O município de Porto Nacional vem se destacando no cenário estadual e nacional como polo de desenvolvimento. Em três anos e quatro meses de gestão, o prefeito Otoniel Andrade redimensionou os rumos administrativos do município, que, neste período, por meio da execução de projetos estruturantes se posicionou no cenário estadual e nacional.

Além da iniciativa privada que tem avançado frente às oportunidades geradas pela localização e condições estratégicas implementadas pela gestão municipal, a economia do município também sustenta-se  em parcerias da Prefeitura de Porto Nacional firmadas com os governos estadual, federal e com investidores da iniciativa privada, que através da elaboração, implementação e execução de importantes projetos, vem  transformando o município num crescente polo do agronegócio e industrialização.

Para se chegar a esta realidade, o prefeito Otoniel Andrade modernizou a máquina administrativa e cultural do município, propondo ações específicas para a sustentação jurídica na promoção de credibilidade do poder público municipal, além de priorizar investimentos na infraestrutura.

Para que isso se tonasse possível já foram investidos pela Prefeitura de Porto Nacional um montante significativo de recursos, empregados na execução de obras estruturantes no município. Recursos que vieram dos cofres do município e de convênios firmados com os governos estadual e federal, através de parcerias e de emendas parlamentares de autoria de parlamentares como o deputado estadual Toinho Andrade (PSD), e os deputados federais Vicentinho Júnior (PR), Irajá Abreu (PSD), Carlos Gaguim (PTN), Dorinha Seabra Rezende (DEM), e os senadores Ataídes Oliveira (PSDB), Kátia Abreu (PMDB) e Vicentinho Alves (PR).

Logo no início da gestão, em parceria com o Governo do Tocantins, Porto Nacional recebeu cerca de um milhão e 200 mil m² de “lama asfáltica”, o que possibilitou qualidade de tráfego nas ruas e avenidas do centro da cidade e dos bairros periféricos, que também foram atendidos por uma patrulha da limpeza, que recolheu mais de 100 toneladas de entulho, lixo e resíduos da poda de árvores, tudo retirado de áreas e lotes baldios.

Pavimentação asfáltica

Com recursos próprios, oriundos dos cofres do município e por meio de importantes convênios, nestes quase 1.200 dias de administração, os números aproximam de 500 mil m² de pavimentação asfáltica, obras executadas em todas as regiões de Porto Nacional, como os bairros Porto Imperial (57 mil m²), Vilage Morena, Luzimangues (100 mil m² de asfalto), Nacional e Granville (100 mil m²). Foram entregues ainda a pavimentação asfálticas nos setores Santa Rita, São Francisco, Alto da Colina, parte do Umuarama, Avenida Beira-Rio, Tropical Palmas e Guaxupé, que totalizam 80 mil m².

Por meio da atuação parlamentar do senador Vicentinho Alves e com a decisiva contribuição política do então governador Siqueira Campos, Porto Nacional assinou convênio com o Governo Federal no valor de R$ 26 milhões, recursos já liberados e que estão sendo aplicados na execução de 250 mil m² de asfalto, obras que estão sendo implantadas nos setores Porto Real, Nova Capital, Novo Horizonte, Tropical Palmas, Jardins dos Ipês, Parque Liberdade, e São Vicente. Este projeto também contempla muitas famílias com ruas dotadas de meio fio, calçadas e 13 quilômetros de um moderno sistema de macrodrenagem que canalizará as águas pluviais que durante décadas levou sofrimento a toda esta região.

Esgoto sanitário

Além disso, também em forma de parceria, a administração Otoniel Andrade, juntamente com a Odebrecht-Ambiental/Saneatins, estão investindo cerca de R$ 24 milhões na execução de obras de Esgoto Sanitário, que já beneficiaram os bairros Vila Nova, Jardim Querido, Santa Helena, Setor Garcia, Alto da Colina, Jardim Brasília, Vila Porto Imperial, Setor São Vicente, Centro e Cento Histórico, o que faz da cidade de Porto Nacional a mais servida neste quesito em toda a Região Norte do Brasil, com cerca de 80% de cobertura.                

No setor habitacional esta realidade se repete. Com muita determinação em construir cidadania e promover dignidade às pessoas mais carentes do município, o prefeito Otoniel Andrade, em parceria com o Governo Federal, através do Programa Minha Casa, Minha Vida, já entregou 300 unidades no Conjunto Irmã Edila, e prepara o início das obras de mais 300 casas populares no Conjunto Rio Tocantins e mais 500 no Setor Imperial.

Na área educacional já foram construídas várias escolas, com cerca de 60 novas salas de aula, todas climatizadas e com biblioteca, refeitório, área de convivência social e de práticas esportivas, o que modernizará e humanizará o atendimento pedagógico dos mais de 5 mil alunos, que também vivencia um momento de cidade bem cuidada. Além de ruas limpas, sinalizadas e ajardinadas, novas praças foram construídas, ampliadas e reformadas, como a Maria Beata, a Totó de Oliveira, a das Mães, a dos Heróis Tocantinenses, já inauguradas e as praças Dr. Euvaldo, Espaço Saúde, Frei Reginaldo, Osvaldo Ayres, Jardim Querido e Nova Capital, que estão com obras em fase de conclusão.

No setor da Saúde os programas de combate às endemias apontam números favoráveis à sociedade. Além disso, todas as unidades básicas de saúde já existentes foram reformadas e mais 3 foram construídas. A UPA – Unidade de Pronto Atendimento, entrou em funcionamento nos primeiros dias desta administração, e com apenas recursos da municipalidade já se constituiu num exemplo de qualidade no atendimento à sociedade portuense e regional. O CEME – Centro de Especialidades Médicas, conta hoje com mais de duas dezenas de médicos especialistas, o que faz de Porto Nacional um polo de qualidade em diversificadas áreas da medicina à disposição do povo.       

Zona rural

A gestão também está presente na zona rural do município portuense, onde o prefeito Otoniel Andrade já implantou benefícios em favor do homem e da mulher do campo. Priorizando recursos do tesouro municipal e de convênios, já foram recuperados cerca de 450 quilômetros de estradas vicinais, onde também foram construídas 10 pontes de concretos, sendo 4 no distrito de Luzimangues e as demais sobre os córregos das Lajes, Mumbuca, Rego, e sobre o rio Carmo na região da Lavrinha e no Assentamento Santo Antônio. Além disso, foram implantados vários bueiros e recuperadas cerca de 15 velhas pontes, abandonadas por anos a fio, o que facilita o tráfego da patrulha mecanizada da prefeitura portuense, que vem preparando a terra para produzir mais riquezas. (MATÉRIA PUBLICITÁRIA)

Por: Matéria Publicitária

Tags: Otoniel Andrade, Prefeitura de Porto Nacional