Campo

Foto: Divulgação Para ser considerado orgânico, o produto tem que ser produzido em um ambiente de produção orgânica Para ser considerado orgânico, o produto tem que ser produzido em um ambiente de produção orgânica

A Secretaria Estadual do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) e o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) levam para a Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins Brasil 2016), palestras práticas para ensinar aos produtores como produzir alimentos mais saudáveis, sem a utilização de agrotóxico e adubos químicos.  A feira acontece na próxima semana, de 3 a 7 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas, saída para Porto Nacional.

Os agricultores familiares terão a oportunidade de produzir passo-a-passo os insumos como, defensivos naturais, bokashi, compostagem e biofertilizantes. As oficinas vão acontecer no espaço do Sistema Agroflorestal, no Portal da Agricultura Familiar.

Segundo a gerente de Socioabiodiversidade da Seagro, Dilciane Barbosa, na feira os produtores, principalmente os de hortifrutigranjeiros contarão com aulas teóricas e práticas. “É uma iniciativa da Secretaria da Agricultura e do Ruraltins para incentivar aos pequenos produtores que estão em fase de transição da agroecológica para a orgânica, e consequentemente produzir alimentos mais saudáveis com valor agregado, aumentando a renda sem aumentar o investimento”, enfatizou.

A gerente explica que as oficinas irão ensinar a preparar o Bokashi, um adubo feito a partir de uma mistura balanceada de matérias orgânicas de origem vegetal e/ou animal, submetidas a processo de fermentação controlada. “Também terá oficinas de defensivos, onde os produtores aprendem a preparar a calda bordalesa (controle de doenças); calda de sabão mais óleo vegetal (controle de pragas); preparo de iscas naturais (controle de pragas); como utilizar a urina e o leite de vaca (controle de doenças e adubação foliar)”.

Também durante a Agrotins serão oferecidas oficinas de como fazer uma compostagem que é um processo biológico em que os microorganismos transformam matéria orgânica, como estrume, folhas, papel e restos de comida, num material semelhante ao solo. Como o biofertilizante que contém uma complexa composição de nutrientes essenciais às plantas (principalmente nitrogênio e fósforo), atuando como fertilizante e também como defensivos agrícolas, erradicando pragas e doenças e insetos.

Orgânico

Para ser considerado orgânico, o produto tem que ser produzido em um ambiente de produção orgânica, onde se utiliza como base do processo produtivo os princípios agroecológicos que contemplam o uso responsável do solo, da água, do ar e dos demais recursos naturais, respeitando as relações sociais e culturais.

Programação

04/05

Quarta-feira

9h às 10h-Palestra: Bokashi Adubo Orgânico (Wando Cruz - Ruraltins – Araguaína)

10h às 10h15m – Debate

15h às 16h – Palestra: Bokashi Adubo Orgânico (Wando Cruz – Ruraltins – Araguaína

16h às 16h15m - Debate

05/05

Quinta-feira

9h às 10h – Palestra: Defensivos Naturais (Felismino Coelho – Ruraltins – Araguatins)

10h às 10h15m – Debate

15h às 16h – Palestra Defensivos Naturais (Felismino Coelho – Ruraltins – Araguatins)

06/05

Sexta-feira

9h às 10h – Palestra: Compostagem e Biofertilizantes (Valdivino Fraga – Ruraltins – Palmas

10h às 10h15m – Debate

15h às 16h – Palestra – Comopostagem e Biofertilizante (Valdivino Fraga – Ruraltins – Palmas)

16h às 16h15m - Debate