Campo

Foto: Manoel Junior

E cada vez maior a participação de empresas de outros estados do Brasil na Feira de Tecnologia Agropecuária (Agrotins 2016). A Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), por meio da Diretoria de Políticas para Agricultura e Agronegócio, fez este ano uma parceria com diversas empresas para expor durante os cinco de feira, máquinas e equipamentos, com tecnologia de ponta, que vão facilitar o trabalho dos produtores rurais, com desenvolvimento sustentável.

No Pavilhão da Agricultura, o representante técnico da empresa Bind Galvão, Zaqueu Galvão contou que foi convidado pela equipe da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária para expor na Agrotins 2016. “Estamos expondo para divulgação e comercialização uma minifábrica de biodiesel que extrai óleo e faz farelo de grãos como soja, girassol, canola, amendoim, linhaça, entre outras oleoginosas”, afirmou. A empresa paranaense é especializada na venda de prensas extrusoras.  

Também entre as inovações tecnológicas em equipamentos que estão em exposição no Pavilhão da Agricultura, para comercialização, o visitante pode conhecer um isolante térmico de polímero, com uso de nanatecnologia, que está sendo exposto pela empresa Cetrele Energia. O Isolante térmico é capaz de refletir cerca de 90% dos raios solares, baixando a temperatura em média 30%, sendo útil para diminuir a temperatura ambiente, de galpões de armazenagem, telhados de silos e residências entre outros. De acordo com o representante da empresa, Vitor Hugo, o isolante pode ser usado em telhados de amianto, concreto e outros materiais, inclusive o vidro.

Outra novidade para os agricultores e pecuaristas é o biodigestor, tecnologia que armazena resíduos orgânicos de animais numa espécie de estufa, onde se decompõe, gerando gás de cozinha, ou energia elétrica, segundo o diretor de Políticas para Agricultura e Agronegócio, José Américo Vasconcelos.

Agrotins

A Agrotins teve início na terça-feira, 3, e prossegue até sábado, 7, das 9 às 17 horas, no Centro Agrotecnológico de Palmas. A feira é uma organização do Governo do Estado, por meio da Seagro e vinculadas Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Instituto de Desenvolvimento Rural (Ruraltins) e Instituto de Terras do Tocantins (Itertins).