Saúde

Foto: Divulgação A paciente está sendo atendida no Hospital Maternidade Dona Regina A paciente está sendo atendida no Hospital Maternidade Dona Regina

A parturiente Romaina Amaral do Prado, 18 anos de idade, passa por momentos difíceis desde segunda-feira, 7 de junho, no Hospital Dona Regina, em Palmas/TO. De acordo com informações repassadas pela familiar da paciente, Adriana Prado, Romaina está aguardando a retirada de um natimorto do útero. “Passou da hora de nascer e morreu. Ela está sofrendo e eles não tiram”, afirmou.

Segundo Adriana, os médicos querem que Romaina realize “um parto normal. Está dando remédio para ver se tira normal. Desde ontem!”, frisou. Adriana manifestou preocupação com o caso. “Ela está correndo risco de vida”, disse. 

Sesau 

A Secretaria de Estado da Saúde informou ao Conexão Tocantins que a paciente Romaina Amaral do Prado, deu entrada no Hospital e Maternidade Dona Regina com uma gestação de 40 semanas e 4 dias, com o feto já morto, sem causa aparente. Segundo a Secretaria, a paciente não apresentou histórico de pré-natal realizado que poderia dar subsídio para a equipe médica avaliar a causa da morte.  

A secretaria ainda informou que a paciente segue acompanhada pela equipe multiprofissional da unidade, recebendo medicamentos para a expulsão do feto, procedimento técnico indicado. (Matéria atualizada às 9h06min de 8/06/16)