Polí­cia

Foto: Divulgação

Uma operação integrada de repressão e combate à máfia dos carros clonados, deflagrada na manhã desta quinta-feira, 9, pela Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (Derfrva), em conjunto com policiais do Batalhão de Polícia Militar Rodoviário Estadual, resultou na apreensão de dois veículos roubados e clonados e nas prisões de Guilherme de F. P., 22 anos e Maurício A. R., 23.

De acordo com o delegado Rossílio Souza Correia, responsável pela ação, os policiais civis e militares realizavam abordagens a veículos suspeitos nas imediações do Posto de Fiscalização da T0 080, próximo ao Distrito de Luzimangues, quando deram ordem de parada ao condutor de uma camionete VW Amarok, ano 2012, de placas ODN 2142, a qual era conduzida por Guilherme de Faria. Após efetuar vistorias no veículo e os levantamentos necessários, os agentes constataram que se tratava de um veículo que havia sido roubado em 28 de março de 2016, em Salvador (BA). Os policiais civis também apuraram que a placa verdadeira da camionete era NYX 0019.

Em seguida, os policiais desconfiaram da atitude do condutor de um automóvel GM, modelo Cruze e realizaram a abordagem do mesmo. Após investigações preliminares, os agentes descobriram que o veículo, ano 2012, de placas NWK 7939, era clonado e havia sido roubado em Brasília, no dia 5 de dezembro de 2015, sendo que a placa verdadeira era JIW2440.

Os veículos foram apreendidos e levados à Derfrva, onde serão submetidos à perícia oficial do Estado e, posteriormente, devolvidos aos seus legítimos proprietários. Guilherme e Maurício, que estavam em poder dos carros foram autuados pelos crimes de receptação e uso de documento falso e encaminhados à Casa de Provisória de Porto Nacional, onde ficarão à disposição da justiça.   

Para o delegado Rossílio, ações como a realizada, na manhã de quinta-feira, pela Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos, em conjunto com os policiais militares demonstram o total comprometimento, parceria e interação das polícias do Estado, no combate a todo tipo de ilícito penal em todo o território tocantinense. 

“Estamos realizando uma grande ofensiva contra a máfia do carro clonado, em Palmas e também no interior do Estado, pois essa é uma determinação do Secretário da Segurança Pública e do Delegado Geral da Polícia Civil para que esse e outros tipos de crimes sejam combatidos com todo o rigor e, nesse sentido, não estamos medindo esforços para localizar veículos roubados e clonados e responsabilizar os indivíduos que insistem nessa prática criminosa”, enfatizou.

Por: Redação

Tags: DERFRVA, Polícia, Rossílio Souza Correia