Polí­cia

Foto: Divulgação Cabo Solonaldo Rocha (esquerda) e sargento Valdez Ribeiro (direita) Cabo Solonaldo Rocha (esquerda) e sargento Valdez Ribeiro (direita)
  • Veículo envolvido no acidente com o cabo da PM, Solonaldo Rocha

O cabo Solonaldo Rocha, 38 anos de idade, foi vítima fatal de acidente de trânsito, ocorrido neste último domingo, 3, na Rodovia TO 030, entre Taquaralto e Taquaruçu. A motocicleta em que estavam o policial e um garupa, colidiu frontalmente com um automóvel Golf, de cor Prata. Ambos morreram ainda no local do acidente. 

O acidente foi de tamanha gravidade que o motorista e garupa da motocicleta tiveram membros de seus corpos arrancados, que ficaram espalhados no local do acidente. 

No automóvel Golf estavam três pessoas, sendo um homem e duas mulheres. No veículo havia muitas latinhas de cerveja. Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, o condutor do carro apresentava sinais de embriaguez, tais como conversa lenta e odor de álcool etílico e que as duas testemunhas que estavam no interior do veículo informaram que o condutor estava dirigindo em alta velocidade. As testemunhas foram apresentadas no 1° DPC e o autor foi conduzido, com traumatismo craniano, ao Hospital Geral de Palmas (HGP), onde permanece sob custódia. 

A Polícia Militar, através do comandante geral Glauber de Oliveira Santosmanifestou tristeza e consternação. O PM é o segundo a falecer de acidente de trânsito, no final de semana. Cabo Rocha era natural de Esperantina-TO, e ingressou nas fileiras da corporação no ano de 2004. Atualmente estava lotado na Companhia Independente de Operações Especiais, onde integrava o Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva – GIRO, em Palmas/TO. "

3° Sargento 

Também faleceu no final de semana o 3º sargento da Polícia Militar, Valdez Ribeiro de Carvalho, 34 anos de idade, se envolveu em acidente de trânsito na Rodovia TO -010, no último sábado, às 19h30min. O PM seguia de moto da cidade de Lajeado, sentido Tocantínia, quando sofreu uma colisão frontal com outra motocicleta. Ambos os condutores faleceram. 

Um garupa, que acompanhava o PM, foi encaminhado com vida a Palmas, para receber atendimento médico.

Segundo a Polícia Militar, o sargento Valdez ingressou nas fileiras da corporação no ano de 2001, tendo desenvolvido suas funções no 5º Batalhão PM em Porto Nacional e atualmente trabalhava na 6ª Companhia Independente da PM na cidade de Miracema do Tocantins. Sargento Valdez deixa esposa e um filho. 

A PM, através do comandante da PM, Glauber de Oliveira Santos, solidarizou-se com a família. "Neste momento de dor e consternação pedimos a Deus que dê conforto à sua família, amigos e companheiros de farda, para que possam enfrentar esta imensurável dor com serenidade. Os mais sinceros pêsames de toda família miliciana", afirmou o comandante em nota.  (Matéria atualizada às 10h15min) 

Por: Redação

Tags: Polícia, Polícia Militar, Solonaldo Rocha