Estado

Foto: Divulgação

A princesa da Bélgica, Maria Esmeralda Adelaida Liliana Ana Leopoldina, visita o Tocantins nessa terça-feira, 5. Acompanhada da secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim, e da comitiva do Governo do Estado, a princesa conhecerá a aldeia Porteira, da etnia Xerente, em Tocantínia/TO. A comunidade representará os oito povos indígenas do Tocantins.

Ela chegou ao País nesta segunda-feira, em Brasília/DF, onde participou da inauguração do busto da rainha Elisabeth dos Belgas.

Para apresentar as riquezas indígenas existentes no Tocantins à princesa, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) também realizará, no hall do Palácio Araguaia, uma exposição com fotografias e objetos da cultura indígena.

De acordo com a gerente de educação indígena, Cleide Araújo Barbosa, essa será uma grande oportunidade de mostrar como a Seduc tem trabalhado e valorizado a educação indígena e sua cultura. “A princesa conhecerá as riquezas da cultura indígena no Tocantins e como trabalhamos para que ela seja valorizada”, afirmou.

Segundo a secretária, professora Wanessa, é importante ressaltar que além de mostrar as riquezas culturais dos povos indígenas, a Seduc possui o Plano Estadual de Educação do Tocantins (PEE/TO) com meta específica para a educação escolar indígena. “O PEE/TO prevê universalizar até o terceiro ano deste plano, em regime de colaboração com a União e os municípios, a oferta de educação escolar indígena diferenciada, bilíngue, intercultural e comunitária, em todas as etapas e modalidades da educação básica, em conformidade com as características e especificidades de cada povo indígena”, enfatizou a secretária.

“Dentro desta proposta está o currículo da educação básica de forma que seja integralizada à educação indígena, assegurar a implantação de escolas indígenas nos próprios territórios, material didático com conteúdos específicos de cada povo, formação de professores indígenas e cursos de educação profissional, valorizando assim a cultura, a história, a identidade e a realidade de cada povo”, concluiu.

A princesa é membro da Família Real Belga, casada com o doutor Sir Salvador Moncada e é a filha mais nova do rei Leopoldo III, da Bélgica. Jornalista, Maria Esmeralda também escreve artigos em nome de Esmeralda de Réthy.