Polí­tica

Foto: Divulgação

A senadora e ex-ministra da Agricultura e Pecuária, Kátia Abreu (PMDB/TO), usou, mais uma vez, a sua página do microblog Twitter para defender a presidente do Brasil afastada, Dilma Rousseff (PT). Nesta última terça-feira, 5, a senadora disse que tentam castigar Dilma por ações que que foram praticadas por ex-presidentes. "Dilma não quebrou o País. E estão pegando pelo em ovo sim. Castigar alguém por ações que foram praticados por todos os ex é preconceito", sustentou.

Kátia Abreu fez comparação de dados, relacionados a Dívida Bruta, Desemprego, Inflação e pobreza extrema nos governos de Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. "Dívida Bruta: FHC 76 bi / Lula 53 bi/ Dilma 67 bi. Desemprego: FHC. 18,5% / Lula 10%. / Dilma 11,2; Inflação: FHC 12,53%, Lula 10,1%, Dilma 9,28%. Pobres e Extremamente Pobres: FHC: 33,9 milhões / Dilma 13,6 milhões. Ela teve muitos acertos", frisou.

Para a senadora, o impeachment é obra do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. "Todos tiveram suas dificuldade e seus acertos. Regras não podem ser mudadas no meio do jogo. O impeachment é obra do Sr. Eduardo Cunha. Não pretendo desmerecer os ex-presidentes, mas não posso ouvir que ela destruiu o País", frisou Kátia. 

A ex-ministra continuou com as críticas. Segundo ela, muitos dos que criticam Dilma Rousseff eram aliados. "Qual partido neste País não está envolvido em denúncias e delações? Muitos que hoje criticam Dilma eram seus ministros até 2 meses atrás. Corrupção na Petrobras é lamentável, é terrível mas quantos partidos e políticos estão envolvidos? Dilma não pode pagar pela corrupção. O tempo dirá. Eu tenho a convicção de que estou do lado certo. Ela não é corrupta", sustentou.

Kátia Abreu diz acreditar na honestidade da presidente afastada. "Não defendo partidos. Não tenho mais paixão por esta política. Defendo Dilma porque acredito na sua honestidade. Cometeu erros como todos", disse a senadora.

Dilma está afastada desde a aprovação do processo de impeachment, por 367 a 137, na Câmara dos Deputados. Não é a primeira vez que a senadora defende Dilma Rousseff nas redes sociais. Kátia Abreu tornou-se, inclusive, membra da Comissão de Impeachment no Senado. 

Por: Redação

Tags: Dilma Rousseff, Impeachment, Kátia Abreu, PMDB