Educação

O Sindicatos dos Trabalhadores em Educação do Estado do Tocantins (SINTET) Regional de Palmas/TO realiza nesta terça-feira, 16, um Dia de Paralisação e assembleia geral com trabalhadores/as da rede municipal de educação de Palmas, às 8 horas, em frente à Secretaria Municipal da Educação (Seduc) da Prefeitura de Palmas.

A diretoria do Sintet debaterá com a categoria sobre a pauta represada dos educadores de Palmas e juntos devem decidir sobre quais estratégias de mobilização deverão tomar para cobrar do prefeito da capital, Carlos Amastha.

As reivindicações negociadas e que até agora não foram cumpridas pela gestão do prefeito, entre elas a eleição para diretor de escola, climatização das Unidades Educacionais (UE’s), reposição da paralisação das Medidas Provisória (MP’s) e o pagamento das progressões e titularidades junto com o retroativo estarão na pauta de discussão.

O sindicato informa que a assembleia anteriormente estava agendada para ser realizada no auditório da Escola de Tempo Integral Padre Josimo Tavares, mas deverá acontecer em frente à Seduc, devido à estrutura já montada para a concentração da Greve da Educação da Rede Estadual.

Por: Redação

Tags: Carlos Amastha, Prefeitura de Palmas, Sintet