Polí­cia

Foto: Divulgação

Um homem de 25 anos foi preso em flagrante por policiais militares do 4º Batalhão de Polícia Militar, na madrugada desta terça-feira, 28, em Gurupi, acusado de homicídio. Segundo testemunha, o indivíduo seria um dos responsáveis por tirar a vida de outro homem de 32 anos. Em poder do detido a PM encontrou três facões, uma faca, uma munição calibre 38, uma carretilha com corda, dois pedaços de madeira e um isqueiro.

O crime aconteceu no setor Belo Vista, região sul do município, numa igreja utilizada como residência. No local estariam a vítima, sua esposa e duas filhas, quando quatro pessoas cercaram o prédio e exigiram que a porta fosse aberta. Conforme a testemunha, a vítima se negou a abrir a porta e parte dos suspeitos teria subido no telhado e acessado o interior da residência, rendendo a vítima e sua família com uma arma de fogo.

Os demais autores entraram no prédio e passaram a ameaçar a vítima, exigindo que esta entregasse certa quantidade de drogas, que segundo disseram, teria sido furtada pelo homem. A esposa da vítima e suas filhas conseguiram fugir à procura de socorro.

A PM foi acionada e imediatamente chegou ao local do crime. Os militares encontraram o corpo da vítima parcialmente queimado e amarrado. Após realizarem o levantamento de informações, localizaram e prenderam um dos autores do homicídio. Com ele foram encontradas ainda as armas brancas. Apesar de ter negado participação no crime, a testemunha reconheceu o acusado como integrante do bando que atacou a vítima.

O autor foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com as armas brancas. Ele responderá pelo crime de homicídio qualificado. Os demais envolvidos seguem sendo procurados pelas forças de segurança pública. (PM)

Por: Redação

Tags: Gurupi, Polícia, Polícia Militar