Campo

Foto: Divulgação Diminuição das chuvas não deve influenciar o plantio Diminuição das chuvas não deve influenciar o plantio

Nos próximos dias, as chuvas diminuem para a região do Matopiba, que abrange os estados do Maranhão, Tocantins, Piaui e Bahia, mas estão dentro dos padrões de normalidade. Os principais problemas de estresse hídrico ocorrerão no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, como já era previsto em ano de La Niña, com volumes de 10 a 50mm na região - volumes abaixo do normal para o período (o normal seria entre 100 a 120 mm), mas a segunda quinzena deverá receber mais volumes de água nesses dois estados.

As previsões são do meteorologista da Climatempo, Alexandre Nascimento, que, em entrevista ao Notícias Agrícolas, demonstrou mapas climáticos de 1 a 28 de novembro e de 30 de novembro a 14 de dezembro.

De uma forma geral, o meteorologista aponta que as chuvas "estão se estabelecendo em todas as áreas, relacionadas a grandes sistemas meteorológicos", como o sistema Alta da Bolívia, que auxilia na ocorrência de chuvas.

Em novembro, as pancadas de chuva também retornaram inclusive para o interior da Bahia, centro-sul do Maranhão, Piauí e Tocantins. "A chuva voltou para áreas onde o pessoal sofreu bastante com estiagem prolongada", diz.

Já em dezembro, as chuvas devem se aproximar da normalidade. O ar quente e úmido da Amazônia desce para o restante do Brasil formando um corredor verde, o que ocasiona a ocorrência das pancadas de chuva.

Na mesma época do ano passado, esta situação era diferente. O mês de outubro foi extremamente quente, mas a situação se inverteu devido a ausência do El Niño e a presença de uma La Niña de fraca intensidade.

Uma frente fria chega hoje para o Centro-Sul, o que deve trazer novamente a temperatura para uma faixa de 20ºC, com uma massa um pouco mais fria nessa região. (Da redação com informações Notícias Agrícolas)